Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Pesquisar

 


Barrinha de novo a ser notícia

Quarta-feira, 03.10.07

 

Mais uma vez a  Barrinha de Esmoriz foi vítima de  uma descarga poluente.

 

"Quem fez isto pensava que, chovendo, a barrinha iria abrir e que toda esta água negra e nauseabunda e todos estes peixes mortos iriam chegar de enxurrada ao mar. O azar foi que isso não aconteceu (...) Uma descarga desta grandeza só pode ter sido efectuada por uma empresa igualmente grande de Santa Maria da Feira que terá de ser punida de uma vez por todas", afirma Alcides Alves, presidente da Junta de Freguesia de Esmoriz."Quem fez isto é um monstro.

"Se eu tivesse na minha mão quem fez isto, enfiava-o naquela água durante um dia para ver se gostava", afirmou Vítor Cacheira, pescador de Esmoriz. In JN

Por incrível que pareça, esta situação tornou-se caótica. As notícias da Barrinha estão a tornar-se frequentes

Autoria e outros dados (tags, etc)

Areias de qualidade? Onde?

Quinta-feira, 23.08.07

O Diário de Aveiro, traz a público uma notícia que tranquiliza os adeptos de uma boa estada na praia, principalmente uma boa areia para a construção dos castelos, pode ler a notícia aki.

“Diz-se que são finas e brancas as areias das praias do concelho de Ovar e os resultados das primeiras análises microbiológicas realizadas provam que estão boas e recomendam-se (…)” In Diário de Aveiro

Esmoriz, Cortegaça e Furadouro têm boa areia, com qualidade aceitável para se poder estar a “inalar” sol deitadinhos numa toalha, foi comprovado pelas primeiras análises microbiológicas realizadas, projecto promovido pela Associação Bandeira Azul da Europa, em colaboração com o Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge e o Instituto do Ambiente, ao qual a Câmara de Ovar aderiu.

Estranho é para quem passeia pelas areias destas praias, basta afastar-se um bocadinho da entrada das mesmas para descobrir um pouco de tudo. Estranho ainda terem perdido a bandeira azul, e mais estranho ainda é considerarem areia de boa qualidade numa praia onde com alguma frequência é despejada a maior fossa da região.

Poderemos nós confiar numa areia onde a água está poluída e onde as descargas são constantes? A Barrinha tem estado constantemente a vazar líquidos impróprios para o mar, as areias são horrendas, a limpeza da praia não é a melhor, não entendo bem este tipo de critérios.

Penso que nos querem fazer crer que temos boas praias nesta zona, quando na verdade a nossa pouca costa está desprotegida, com dunas destruídas e água imprópria para banhos.

A única melhoria visível nos últimos tempos, tem sido a construção de acessos à areia (os passadiços) que têm vindo a melhorar a qualidade nos acessos e no lazer das pessoas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mau cheiro!

Sábado, 18.08.07

 

Hoje pôde-se passear no Furadouro calmamente observando um mar que se mostrava um pouco zangado e por isso a bandeira estava da cor feroz, aquela que aborrece os mais pequenos, que mesmo com muito frio, adoram mergulhar nas águas geladas do nosso Oceano.

O que não me pareceu lá muito normal foi de facto o aroma que o mar nos lançava. Estamos habituados a inalar um cheiro a maresia que nos acalma, nos liberta e até desentope as nossas narinas. Um ar que faz bem aos pulmões de qualquer um.

Mas na verdade não era esse o cheiro que se sentia, lá de vez enquanto parecia que alguém se tinha deixado ir…mas não…não era isso, era mesmo o mar que se encontrava mal do intestino.

Quero crer, que a Barrinha anda a fazer das dela… ou muito me engano ou a Viagem Medieval acabou e  os rios abriram-se de novo.

Há aqui qualquer coisa estranha, nem notícias nem nada!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Barrinha mais uma vez...

Segunda-feira, 06.08.07

 

Mais uma vez, os efeitos da Barrinha de Esmoriz se fizeram notar. Ontem era visível o estado horrendo do mar em todas as praias a sul da Barrinha.

Podemos ver aqui o aspecto do famigerado dique fusível, já várias vezes recauchutado após desmantelamentos por acção do mar em altura de marés vivas. É este dique que impede o caos e a catástrofe acontecerem, mesmo assim, o inevitável acontece vezes demais e nada consegue impedir que as águas mal cheirosas e conspurcadas que aí “vivem” de seguirem para sul, poluindo as praias de Esmoriz, Cortegaça, Maceda e Furadouro.

Para complemento de uma notícia que já não é notícia aos olhos dos nossos leitores, o “Terrinhas” faz referência à abertura de concurso internacional para a construção da ETAR. Será que só agora se lembraram que é preciso construí-la? Terão de vir os estrangeiros resolver este problema que se arrasta há “séculos”, porque nós (os portugueses) não temos capacidade para a sua resolução? Afinal onde andam os Engenheiros e doutores das Câmaras?

Vivemos num mundo de fantasia, em que as festas são mais importantes e dão nome à terra. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Barrinha perde Bandeira Azul

Domingo, 22.07.07

A Barrinha de Esmoriz, tem feito com que o mar apesar de chamativo para uns banhos e uns mergulhos, tenha estado completamente vazio devido ao rompimento do cordão de areia que separa a Barrinha do mar.  As descargas industriais a montante levaram a que a praia perdesse a Bandeira Azul e que, durante cinco dias estivesse interdita a banhos.

Hoje, a autarquia diz que já foi reforçada a barreira.

“Falta vontade política, dinheiro e medidas firmes sobre quem polui para resolver isto de vez. Assim, com vento, chuva ou marés vivas, voltámos a ter o problema, que se repete todos os anos", critica o autarca.”

"…é um absurdo o dinheiro público que se gasta todos os anos".

“Alcides Alves recorda que José Sócrates, enquanto ministro do Ambiente do Governo de António Guterres, esteve em Esmoriz a apresentar o projecto para despoluir a Barrinha, lamentando que passados anos ainda esteja "tudo na mesma".

Depois de lermos as notícias que correm com frequência pelos jornais, blogs e de boca em boca, deparamo-nos com uma situação de pensar que afinal o que realmente o “pobo” quer é festa. Ninguém se interessa pelos interesses comuns à população em geral, poluir cabe a todos, despoluir a ninguém. Está na hora de ser feito algo pela Barrinha. Parar de gastar “rios” de dinheiro em festas e investir na qualidade de vida dos cidadãos. Se o dinheiro gastos em remendos todos os anos, fosse aplicado em obras definitivas, em Estações de Tratamento de Águas Residuais, em formação da população para gerir melhor os seus lixos, hoje ainda tínhamos Barrinha para desfrutar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bandeira azul poderá?

Quarta-feira, 18.07.07

                               Fotos: (1) - (2) - (3) - (4)

“As notícias de ontem adiantavam que, mais uma vez, a praia de Esmoriz, em Ovar, estava interdita a banho pela poluição que se fazia sentir, resultado do desabamento de um muro de areia que separa as águas da lagoa das águas do mar. Esta é uma situação que se repete ao longo já de muitos anos, fazendo com que a praia com bandeira azul fique interdita e perigue a saúde dos seus utentes. O Bloco de Esquerda tem, insistentemente, feito recomendações e propostas para a despoluição de toda esta área, que terá que passar obrigatoriamente pela intermunicipalidade de Ovar, Espinho e Santa Maria da Feira. Mais uma vez, o Bloco de Esquerda de Ovar lançou ontem um comunicado exigindo a despoluição e protecção ambiental da Barrinha de Esmoriz, adiantando propostas e recomendações.” leia a notícia aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...