Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Fevereiro 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26272829


Pesquisar

 


Governo é culpado pelo caos no hospital de Aveiro

Domingo, 12.02.12

O Bloco de Esquerda tomou conhecimento, da situação de caos vivida ontem, dia 6 de Fevereiro, nas Urgências do hospital de Aveiro.

A grande afluência das pessoas aos serviços de urgência levaram a que os tempos de espera ascendessem às 6 horas.

A falta de macas disponíveis no hospital está a causar, tal como foi particularmente visível no dia de ontem, graves constrangimentos nas corporações de bombeiros da região.

Sem macas em número suficiente, o hospital vê-se assim obrigado a recorrer às dos bombeiros, retendo as tripulações durante horas.

Para o BE este hospital, tal como todos os outros têm que ter macas suficientes, não podendo ser os bombeiros a disponibiliza-las, ficando muitas vezes as ambulâncias impossibilitadas de serem usadas por falta de macas, colocando em causa o socorro às populações.

Por outro lado, a falta de capacidade do hospital conduziu também à insuficiência de vagas no internamento e nos serviços de pediatria, obrigando os pacientes a permanecer nos corredores das Urgências ou do Serviço de Observação durante varias horas. No pico do congestionamento, os acompanhantes dos utentes das urgências foram mesmo obrigados a retirarem-se, devido à falta de espaço, numa clara violação da lei recentemente aprovada, por proposta do Bloco de Esquerda, que institui o direito de todos os pacientes das urgências ao acompanhamento dos seus familiares.

A situação que se vive no hospital de Aveiro é um reflexo das dificuldades enfrentadas pelas unidades do Sistema Nacional de Saúde por todo o país, e que se agravam à medida que a austeridade reduz o investimento na saúde pública em Portugal. Com efeito, se os cortes orçamentais se mantiverem, este será o cenário mais provável na maioria dos hospitais em Portugal. Ou seja, uma situação em que o serviço público nacional de saúde deixa de conseguir dar resposta às necessidades da sua população, empurrando os mais abastados para o privado, e os mais pobres para serviços de cada vez menor qualidade. O Bloco de Esquerda opõe-se a esta politica de destruição do SNS e exige respostas do Governo relativamente ao ocorrido no Hospital de Aveiro. 

 

O deputado do BE eleito por Aveiro já questionou o Ministro da Saúde. Ler aqui as perguntas

 

 

Bloco de Esquerda Distrital de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 21:14


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...