Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Maio 2006

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Pesquisar

 


O "atchim" das aves

Terça-feira, 23.05.06

Terminou dia 22 de Maio o prazo para o registo de aves domésticas nas juntas de freguesia. Se esta medida tem por fim o controle da população aviaria, no ambito do combate à Gripe das Aves, sabe-se no entanto, que o processamento de dados relativos ao acto não funciona, ponderando-se mesmo o alargamento do prazo dos respectivos registos. As coimas podem chegar aos 1000 euros por exploração (capoeiras) não se sabendo ainda como e quando se vão aplicar. Por outro lado, faz-me muita confusão a forma como irá decorrer o processo sempre que morrer uma ave (abate ou causas naturais). Será que vamos constantemente à junta avisar que temos mais 23 pintainhos e 15 “pintainhas”, ou então, -ó “fachavor”, “desarrisque” aí da minha ficha dois periquitos e um pintassilgo… sabe… é o que dá ter gatos em casa!

Como é que tudo isto vai funcionar até chegar às entidades competentes? Não estará o estado a fazer que faz?

O consumo de carne de aves desceu brutalmente, o que é incompreensível e mostra como encaramos a situação. Não se controla o problema na origem (nos aviários e capoeiras) e depois quando as probabilidades de transmissão do vírus H5N1 são quase nulas, deixa-se então de comer carne aviaria.

Uma melhor formação e informação à população é necessária e apostar nisto, seria quanto a mim, o melhor caminho a seguir.

 

“De acordo com a agência da União Europeia dedicada à segurança alimentar, não há dados que corroborem que haja perigo para a saúde pública no consumo de carne de aves ou ovos. Assim, a AESA, sedeada em Parma (Itália), indica que não haverá alterações aos conselhos vigentes relativamente ao consumo de produtos aviários, embora avise que a possibilidade de tal acontecer não poder ser excluída.

A agência europeia volta a frisar, em comunicado, a importância de se cozinhar bem a carne e os ovos, para proteger os consumidores de quaisquer intoxicações alimentares, conselho que já se aplicava antes da crise sanitária da gripe aviária e que agora é reforçado. A exposição destes alimentos a elevadas temperaturas, de qualquer forma, "neutralizaria o vírus [da gripe das aves] e eliminaria este risco potencial".
  (in dossiers publico)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por ppaparazzi às 02:53

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds