Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Junho 2010

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930


Pesquisar

 


TOURADAS EM ÁGUEDA, NÃO OBRIGADO!

Domingo, 20.06.10

Este domingo, dia 29 de Junho, realiza-se em Águeda, pela primeira vez uma corrida de touros, inserida na 2ª Feira do Mundo Rural.
 
Estaremos, sem margens para dúvidas, a mergulhar na Idade Média, em pleno século XXI. Será sem hesitações um gesto obsceno por parte da organização, já que se trata de uma colectividade que se diz cultural. Será este o tipo de cultura que esta colectividade quer incutir as populações?
 
O Bloco de Esquerda acha lamentável, que em plena era da modernidade e no apogeu do civismo, se assista à promoção deste tipo de exploração do que há de mais vil no ser humano em detrimento do enriquecimento educacional e cultural.
 
O respeito pelo bem-estar de todos os animais está entre os valores básicos da nossa civilização. A promoção do sofrimento, psicológico e físico, de um animal como entretenimento, em detrimento da verdadeira cultura tradicional, é retirar a ambição da população para desenvolver o que de bom e educativo constitui a nossa identidade. Por outro lado, esta iniciativa bárbara tem mesmo um carácter anti-pedagógico, levantando bandeiras que há muito deveriam estar enterradas. Mesmo que alguns tentem apresentar os argumentos da tradição e da cultura, é cada maior o número de portugueses que se recusam a empunhar o estandarte de apoiantes de tradições bárbaras, como são as touradas.
 
No caso de Águeda, não reza a tradição que as touradas tenham feito parte do passado cultural das suas gentes, pelo que não se compreende esta acção como pura promoção do sofrimento animal, numa época em que deveríamos proceder à promoção da verdadeira cultura.
 
Num país como o nosso, em que a fome cultural é enorme, facilmente uma associação, dita cultural, encontraria formas contemporâneas de partilha e educação cultural. Preocupa-nos, também, as consequências que este culto do sofrimento terá na construção educacional dos nossos jovens.
 
Na presente época, em que a carnificina é parte integrante dos nossos dias, resultante das diversas guerras, compreensíveis apenas através do olhar dos grandes jogos económicos, seria de esperar que a cultura se afirmasse como a aclamação da vida, como aclamação da própria modernidade e não através de um espectáculo degradante e desumano.
 
A posição da Câmara Municipal de Águeda e em particular do seu presidente Gil Nadais, são estranhas, já que a autarquia e o seu presidente, devem pautar a sua acção pela prestação de serviços públicos... não agir como um qualquer imperador romano, apadrinhando e vendo espectáculos de sangue, sofrimento e morte.
 
 
Contacto: Pedro Filipe Soares 938602234
 
 
Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 15:35


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...