Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Dezembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Pesquisar

 


Deputado do Bloco de Esquerda quer investigação de falências fraudulentas

Terça-feira, 15.12.09

As falências e os despedimentos têm sido uma das mais devastadoras consequências da grave crise que o país atravessa desde 2008.

Todos os dias o Bloco de Esquerda toma conhecimento de novos casos de despedimentos colectivos na sequência de processos de insolvência de inúmeras empresas, tanto nacionais como estrangeiras. Em muitos casos, como o da Arauto, de Ovar, as unidades empresariais encerram sem pagar as respectivas indemnizações e os salários em falta aos seus trabalhadores.

O Bloco de Esquerda não manifesta qualquer dúvida relativamente à difícil situação vivida pelo sector empresarial em Portugal mas, no entanto, está também consciente da existência de falências fraudulentas, a que certos empresários recorreram, abstendo-se do cumprimento das suas obrigações para com os trabalhadores, para depois abrir portas de uma nova empresa, libertando-se das situações de imparidade.
 
Desta forma, o Bloco de Esquerda questiona o Governo sobre quantas falências foram investigadas desde o início do ano de 2008?
 
Quantas empresas se encontram sob investigação por suspeita de falência fraudulenta e quantas falências fraudulentas foram identificadas neste período? São os meios, quer humanos, quer logísticos, ao dispor da ACT, suficientes para a investigação de todas as suspeitas? 
 
Veja aqui as perguntas colocadas pelo deputado Pedro Filipe Soares à Autoridade para as Condições do Trabalho , aoMinistério do Trabalho e Segurança Social e ao Ministério da Economia, Inovação e Desenvolvimento.


Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Administração às 17:26

2 comentários

De Anónimo a 15.12.2009 às 22:13

Era optimo que assim fosse, que se desmascarasse quem anda a fechar fábricas para abrir outras e não paga aos trabalhadores. Estes casos são muitos, infelizmente.

De Anónimo a 17.12.2009 às 20:06

O que há mais é disto, gente falsa e a encher-se à custa dos pobres.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...