Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Outubro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Pesquisar

 


Agarrar a Música

Quinta-feira, 08.10.09

 

Este texto, enviado por E-mail, pareceu-me ser algo muito interessante. Afinal o que faz a nossa Casa da Juventude?

Fiquei bastante curioso em saber quais as actividades promovidas pela mesma.
Ainda por cima, com colectividades na terra ligadas à música. A Banda de música que tem tentado fazer um bom trabalho, mas cá na terra, são sempre os concertos do costume. Chegou a haver aulas de música na sede da Banda, mas durou pouco tempo. Eu conheço Associações que não param, outras que só pensam em festas de auto-promoção.

 

Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha foi palco, no dia 30 de Agosto, da grande gala do Concurso “Agarrar a Música”, promovido pelo Centro da Juventude.
 
A sala esteve repleta para ouvir os talentosos concorrentes.
 
Antes da final, houve três sessões de apuramento no Centro da Juventude.
Liliana Franco, da organização, destacou que o evento tinha o objectivo de “captar novos talentos”, reconhecendo que “encontrámos verdadeiros artistas”.

Os prémios serão 100 euros para os vencedores, gravação de um cd, participação num espectáculo na região e divulgação na 94.8 FM Rádio.
O concurso “Agarrar a Música” poderá ter mais edições, tendo em conta o sucesso atingido.”
 
Isto aconteceu na zona das Caldas da Rainha, porque não, tentar fazer acções deste tipo aqui na vila, para além de encontrar artistas, o convívio e a animação, eram outras das áreas que poderiam abranger.
 
Mais uma ideia kaska&deskaska, para vocês analisar.
Comentem e divulguem, estas ideias, são bem precisas para a terra, e existe por aí, muito talento escondido.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kolaborador_4 às 11:50

20 comentários

De anonimo a 08.10.2009 às 15:52

Este projecto tinha pernas para andar, se houvesse gente jovem principalmente, que quisesse, fazer estas coisas, o problema e que dá trabalho, e ninguem quer ter responsabilidades com nada.

De Anónimo a 08.10.2009 às 21:54

Música com politica, só pode dar mer... e a seguir acabar com alguns tachos.Rotatividade precisa-se.

De Filipe Oliveira a 09.10.2009 às 10:18

"Música com politica, só pode dar mer... e a seguir acabar com alguns tachos"


Não misturem o dialogo acerca desta ideia com os presidentes da banda e o que fizeram ou deixam de fazer.

Esta iniciativa é de todo importante para qualquer freguesia, Arrifana poderia pensar numa iniciativa deste género, e nao deixem que seja a junta a organizar tudo. Arramjam um grupo e tratam de todo o processo.

Tive já oportunidade de participar num evento do género em São João de Vêr....uma ideia fantástica organizada por uma associação sem ter qualquer objectivo musical.Lá não existe Bandas.,,,

Para melhor esclarecer....Em tempos esteve para ser levado avante um evento do género mas com instrumentistas e não cantores...isso seria sim da responsabilidade da Banda, mas a quantidade de actividades ou agrupamentos escolares onde os executantes estão inseridos não permite faltar e participar em algo novo.

Espero como Arrifanense e não apenas como maestro da Banda de Arrifana, que não seja apenas a Junta de Freguesia a organizar eventos culturais...senão meus amigos...nunca vamos crescer como freguesia.

De Filipe Oliveira a 09.10.2009 às 11:41

REGULAMENTO GERAL



CAPÍTULO I
Disposições gerais
Objecto
O presente Regulamento estabelece as regras aplicáveis à organização e à realização do 1.º Concurso de Cantores –Arrifana Sempre Cultural, adiante designado por Concurso.

Programação
1 - O Concurso irá decorrer nos ...
2- O prazo de inscrições tem início no dia ...

CAPÍTULO II
O Concurso
Tempo de actuação
1 - O tempo máximo musical permitido em palco desde o início da actuação corresponde a quinze minutos (15 min).
2 - Quem exceder este tempo máximo musical permitido em palco será penalizado em dois (2) pontos, numa escala de zero (0) a cem (100) pontos, por cada minuto excedido.

Espectáculo no Auditório
1 –Só serão permitidas entradas ou saídas do Auditório durante os intervalos entre actuações afim de se minimizar a perturbação destas.
2 – A assistência ao espectáculo referido no número anterior é gratuita.
3 – Não é permitido fotografar, filmar ou gravar dentro do Auditório durante todo o evento do Concurso.

CAPÍTULO III
Condições de participação
Direitos audiovisuais
No acto da inscrição os candidatos aceitam que todos os direitos visuais, áudio e audiovisuais realizados durante os eventos do Concurso, fiquem cedidos à organização do Concurso.

CAPÍTULO IV
Júri e classificações
Composição
1 - O júri do Concurso é composto por cinco elementos, todos de reconhecido mérito artístico.
2 – O Presidente do júri é o ___________________que também assume a Direcção Artística do Concurso.

1 - Caso a Banda também concorra ao “Prémio Tauromaquia” o júri atribuirá para este uma pontuação directa entre zero (0) e um máximo de cem (100) pontos.
2 – Às pontuações obtidas nos números anteriores serão deduzidas as penalizações previstas no n.º 2 do Art.º 5.º.
3 – As pontuações do concurso “Bandas em Desfile” estão definidas no Capítulo VI do presente Regulamento.

Reclamações
Em qualquer caso o juízo do júri é considerado final e irrevogável, pelo que não é aceite nenhum pedido de revisão, reclamação ou contestação dos resultados parciais ou finais.

CAPÍTULO V
Prémios
Atribuição
1 – A atribuição do 1.º prémio é feita a quem, se classifique com a pontuação mais alta e desde que obtenha uma pontuação não inferior a oitenta e cinco (85) pontos, para a 1.ª categoria, oitenta (80) pontos, para a 2.ª categoria, e, setenta e cinco (75) pontos, para a 3.ª categoria.
2 - Se, em alguma das categorias, a Banda que tenha obtido a maior pontuação não atingir o mínimo exigido nessa categoria, o prémio ficará por atribuir bem como a classificação de 1º lugar.

Diploma de participação
Será entregue a todos os participantes um diploma de participação com o seu resultado final.

Programa a apresentar
1 – A escolha do programa é livre.
2 – Os concorrentes terão de enviar vídeo amador com a música que pretendem levar a concurso.

Pontuações
O júri do Concurso atribuirá a cada concorrente uma pontuação entre zero (0) e um máximo de cem (100) pontos distribuídos de acordo com os seguintes critérios e respectivas pontuações máximas:

Apresentação Máx.10 pontos;
Disciplina Máx.10 pontos;
Originalidade Máx.10 pontos;
Efeitos audiovisuais Máx.10 pontos;
Afinação Máx.10 pontos;
Técnica/articulação Máx.10 pontos;
Ritmo Máx.10 pontos;
Interpretação Máx.20 pontos.

CAPÍTULO VI
Disposições finais
Responsabilidade
Os candidatos são inteiramente responsáveis por quaisquer danos, materiais ou humanos, que advenham da sua participação no evento, bem como de todas as despesas inerentes à sua participação nomeadamente: transportes, estadia, alimentação ou outros. A organização poderá pôr à disposição algumas sugestões referentes a eventuais necessidades deste tipo.

Deveres
Durante todo o evento, e em especial durante as actuações, devem todos os intervenientes respeitar, tratar com urbanidade e manter um comportamento correcto e cordial para com o público, para com todos os concorrentes bem como com todos os elementos do júri e da organização.

Entrega dos prémios
Na gala final do concurso onde será também efectuada a entrega dos prémios aos cantores vencedores, será solicitada a presença em palco de todos os candidatos ao concurso.

SERVIRÁ PARA ALGUMA COISA? PARTE DO TRABALHO JÁ

De Anónimo a 10.10.2009 às 09:59

Onde foste copiar isto?

Saúde da boa

De Filipe Oliveira a 11.10.2009 às 23:53

Onde fui copiar? isso agora;) o que é certo é que está ai para quem quiser dar seguimento. Abraço

De músico atento a 11.10.2009 às 00:13

Estou admirado com um comentário anterior, onde diz que o sr. Alcino foi o culpado de a Banda estar assim.
Pergunto, porque será que tanta gente, mesmo musicos pedirem-lhe para continuar á frente da Banda?porque será que muita gente hoje diz que o Sr.Alcino se estivesse à frente da Banda o edificio já estaria de pé?porque será que ainda estes dias alguem lhe foi pedir a casa para se candidatar às proximas eleições?porque será que se queixaram a ele que andam para lá uns directores que lá estão só para dar nas vistas?porque será que andam a misturar banda com politica?alguém me sabe responder? aqueles que só dizem baboseiras da boca para fora e alguns ainda por lá andam só têm paleio mas na prática nada fazem, deviam era de aprender com estas pessoas como o sr.Alcino que tem experiencia de vida e não precisa de canudo para dar lições a doutores que com canudo já pensam que são alguem e que se aproveitam da politica para se auto-promoverem.Sugiro que estas pessoas arranquem agora com esses projectos para a frente, ou será que vamos ter de esperar que ao Sr. Alcino lhe venham pedir a casa para voltar para a Banda para esse projecto sair da gaveta. É que me parece que isto vai ser novamente uma nova versão HYPPIES 2, ao menos não arrancaram para ficar com as colunas ao alto carregadas de ferrugem.Seria bom que o Sr. Presidente actual mete-se mãos à obra enquanto não houver funções e meter musicos e direcção a trabalhar aos fins de semana e horas por fora para a obra arrancar ou então nem a primeira pedra resistirá ao tempo, toca a trabalhar sr.Presidente, é pôr esses musicos que andam ao alto assentar tijolo e amarrar ferro para ir adiantando a obra. E ESTA HEM??

Comentar post


Pág. 2/2



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...