Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Maio 2009

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Pesquisar

 


As mudanças na carreira dos professores

Segunda-feira, 11.05.09

Andaram os professores a viajar por terras desconhecidas, a palmilhar terrenos íngremes e a passar sacrifícios por uma estabilidade que de repente este governo lhes tirou.

Quantos professores deixaram suas famílias, seus filhos pequenos para tentar entrar no quadro? Quantos pagaram duas casas para adquirir este estatuto? Quantos trabalharam anos a fio de graça, porque o que ganhavam não chegava para as despesas de deslocação e alojamento, com a finalidade de um futuro melhor? Será isto justo? Será justo dar como prémio pelo sacrífio de ter ido para a Madeira ou Açores e deixar a família para entrar no quadro? será justo oferecerem agoraisto?

Leia a nova lei, reflita sobre ela e não critique muitos professores que lutaram pelas suas famílias por um que se baldou e passeia os corredores das escolas.

Eu estou solidário com os professores.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kolaborador_4 às 10:02

11 comentários

De OLima a 11.05.2009 às 14:53

Obrigado!

De Rmeu Falcão a 11.05.2009 às 19:33

Vida de Professor...... é uma vida como tantos outros, qualquer trabalhador que se preze palmilha km para ir trabalhar e não se queixam. Recordo quando foi militar tambem palmilhei muitos km até ao Ultramar e não tinha que me queixar, tinha de aguentar Srs Professores, deixava mulher, filhos ,Pais, amigos e lamentava-me em silencio, portanto avossa classi não poder ser mais previgiada de tantos. A opção foi feita portante não tem que se lamentar, aguente

Falcão

De Falcão_zinho a 11.05.2009 às 19:42

Comparar o tempo de ultramar com o que estão a fazer aos professores, só de quem é ignorante.
Se foi para ultramar e em silêncio pelos visto não gostou nada de deixar a sua família, e agora deseja o memso aos seus filhos e netos...quem sabe?
Não acha que estatutos adquiridos não devem ser retirados?
Parece-me invenja...

De Anónimo a 12.05.2009 às 20:36

Até parece que o Sócrates ganhou as eleições só com os votos dos professores!

De Mafalda a 12.05.2009 às 22:54

Todas as profissões são difíceis. Não vou estar aqui com lamentações sobre a minha. E os professores também o não devem fazer. É feio. É gozar com quem nunca terá a oportunidade sequer de ter um emprego para toda a vida...

Não estraguem o serviço público de ensino!

De Anabela a 13.05.2009 às 13:14

Para a Mafalda .
Em primeiro lugar um professor não tem emprego para toda a vida e toda a gente sabe isso.
Em segundo lugar, eu sou professora e lamento que pense assim, pois eu gostaria mais que as outras profissões se aproximassem da nossa e não a nossa se aproximasse das outras.
Em terceiro lugar, só quem está a viver a situação sabe a injustiça que está a sofrer.
Por fim eu diria que o importante era que todos se sentissem bem com a vida que têm, com o seu emprego e achassem que eram compensados pelo seu trabalho. Infelizmente muita gente não tem conhecimento do que é realmente ser-se professor hoje, mas isso eu apenas lamento.
Sou professora com um prazer enorme e vou continuar a sê-lo, mesmo discordando de tudo o que este governo faz. As crianças e jovens não têm culpa, no entanto lutarei pelos meus direitos e acho que todos devem fazer o mesmo.
A quem fez este post obrigada, não sei se é ou não o professor, mas este tipo de assuntos são importantes virem a público. São sempre chamadas de atenção para todos. Há que reflectir um pouco e não apenas reclamar de tudo e de todos. O nosso país está a precisar de harmonia e não de discórdia entre as pessoas. Um resto de semana tranquilo para todos.

De Joaquim a 14.05.2009 às 10:19

Para a Mafalda
Estou quase a concordar....
Pena é que alguns Portugueses gostem de nivelar as suas vidas e a dos outros por baixo.
(Quem me dera ganhar como alguns "gestores" das empresas publicas....)
Não nos podemos esquecer que os professores passaram uma parte da sua vida a estudar (gastando muito dinheiro), a investir no seu futuro e que agora sem que lhe seja dado qualquer justificação, alteraram-lhe as regras do "jogo".
Mafalda, experimente a estar uma semana a aturar meninos malcriados (daqueles que facilmente atiram uma cadeira á cabeça dos colegas ou que andam á luta dentro da sala de aula) e depois diga-me se vida de professor é fácil...

De Anónimo a 14.05.2009 às 22:23

Pois é isso mesmo Joaquim, só mesmo quem não é professor pensa que os professores ganham fortunas e têm montes de regalias. Eu também concordo que não devíamos nibelar por baixo, todos merecem ganhar bem, mas os professores neste momento queiam-se com um pouquinho de razão. Há bons e maus professores, como há bons e maus gestores, mas para que saibam um gestor não atura meninos mal educados, não tem testes para corrigir, nem uma pressão louca em cima dos ombros e ganha o dobro de qualquer professor com uns bons 20 anos de carreira.
Deixem os professores lutarem por uma carreira justa, deixem os professres trabalharem pelo verdadeiro ensino, sejam justos com os professores, eles merecem respeito.

De Mafalda a 17.05.2009 às 23:28

Vocês devem exigir melhores condições de trabalho. Devem exigir turmas mais pequenas. Devem exigir material para trabalhar. Devem exigir escolas com condições. Devem exigir material didático na escola. Devem exigir tempo para preparar aulas. Devem exigir formação. E devem exigir remuneração e outras regalias adequadas, que premeie os bons professores e exclua do ensino os maus. Devem exigir ser professores e não acumular com responsabilidades de gestão da escola.

Vocês deviam ter exames de admissão à profissão. Vocês deviam fazer exames regulares de avaliação de conhecimentos. Deviam ser premiados em função dos resultados obtidos pelos vossos alunos em provas nacionais. Deviam ser premiados por darem aulas em escolas inseridas em bairros difíceis.

E devem ter cuidado na argumentação que usam, porque os pais dos vossos alunos não a compreendem, porque estão desempregados, porque têm muita pressão nos empregos, porque desgasta também aturar adultos o santo dia todo (e não estou a dizer que é melhor ou pior do que aturar crianças - é também esgotante!), porque gastaram imenso dinheiro a estudar e agora não têm uma oportunidade, porque trabalham 12 horas por dia, porque trabalham com rotação de turnos, porque não têm horários compatíveis com a família, porque não vos vê a defender o interesse dos alunos e da escola pública na rua.

Os pais dos vossos alunos vêem-vos a fazer greves por um estatuto exageradamente benéfico para vocês (é óbvio que devemos nivelar por cima, mas acham que alguma vez se conseguiria nivelar tão acima?) e nunca vêem referida nota sobre o interesse do aluno e a importância de um ensino público de qualidade. Se vocês dessem tónica nestes pontos, garanto-vos que as manifestações não teriam centenas de milhares de pessoas, teriam sim milhões porque os pais estariam completamente do vosso lado! E eu estaria lá!

Anabela. A minha mãe ficou desempregada com 50 anos e depois do fundo de desemprego acabar, eu estive a sustentá-la para ela continuar a pagar a prestação da casa. Conheces algum professor sem ganhar um tusto aos 50 anos?

Joaquim. Essa do gastar dinheiro para estudar… Não usem esse argumento. Que dirão as pessoas da Infineon que gastaram tanto dinheiro para se formarem e de repente a empresa fecha? Fora aqueles que gastaram dinheiro e não conseguem emprego…

Finalizando, eu NÃO estou solidária com os professores porque não estão a batalhar por uma escola pública de qualidade. Porque estão a discutir ordenados e carreiras que eram aberrantemente melhores que os da privada.
Eu NÃO estou solidária com o Governo pelas mesmas razões.

De Pascal a 19.05.2009 às 03:18

Mafaldinha, parece-me que há aí um problemazinho qualquer existencial. Queria ser professora? Olhe que se fosse fazia o mesmo.
A senhora parece como os politicos, quando não estão no poder faziam tudo quando vão para lá não afzem nada, você é igual, se fosse professora fazia o mesmo, mas ok, não a sensuro, até porque também não sou professor e até ganho mais que eles hehehehe

De Joaquim a 20.05.2009 às 15:39

Mafalda
estou outra vez quase de acordo consigo.... (mas um quase muito pequenino, pequenino....)
Devo referir que estou bem mais de acordo com o Pascal
O que este governo tem feito (e tem feito com várias classes profissionais) foi uma intoxicação da opinião publica.
A questão dos professores é mais uma das muitas aberrações feitas a uma classe profissional. Não posso acreditar que só este governo esteja certo e que 85% a 90% de uma classe profissional (a dos professores) e que alguns deles se manifestaram em Lisboa estejam errados. Será?!!!
Já vi campanhas contra classes profissionais (ex: medicina, magistrados). As reformas nos tribunais e na saúde mostraram-se ineficazes e inconsequentes. Mas a campanha existiu. A dos professores é mais uma…
Quanto á educação dos nossos jovens é bom lembrar que esta deve começar em casa e que os pais não se podem demitir de o fazer a tempo inteiro (a escola não é e não pode ser um deposito dos nossos jovens).
Os professores que se manifestaram em Lisboa defendem, eles sim, uma escola publica de qualidade onde o facilitismo (que é imposto pelo ministério ) deixe de existir, as faltas (quase sempre justificadas pelos pais) contem efectivamente para o aproveitamento dos alunos, as regras, o respeito e as boas maneiras sejam novamente uma realidade nas escolas. As questões financeiras dos professores não o problema maior do nossos ensino mas sim os meios. Se a Mafalda fica só pelas questões financeiras…. É pouco, muito pouco.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...