Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Pesquisar

 


Querem despir a igreja...

Quarta-feira, 26.03.08

 

Você já leu as notícias no nosso "Terrinhas"?

Qual é a sua opinião em relação à possibilidade de ficarmos com a Igreja Matriz despida de azulejos?

Concorda que ela deve voltar ao seu estado inicial?

Não será um pouco retrógrado voltarmos ao "antigamente", vermos a igreja vestida de branco, que daqui a alguns anos estará vestida de preto, porque a manutenção vai ser a que todos nós sabemos?

Não será mais agradável recuperar os azulejos e continuarmos a vê-la vestida de azul?

Não acham ainda que seria importante saberem a opinião dos utentes da igreja? Ou será justo a autarquia assumir a decisão sozinha?

Pensem comigo, não está bonita de azul?

Dê a sua opinião, quem sabe as leituras deste blog não levam a opinião do cidadão à mesa da assembleia...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kerokrer às 00:40

5 comentários

De Vizinho a 26.03.2008 às 00:52

Boa noite, acabei de ver a entrada deste post e não sabia desta decisão. A minha opinião é que a igreja continue como sempre a vimos, que sejam recuperados os azulejos.
Cumprimentos e continuação de bom trabalho.

De Anónimo a 26.03.2008 às 18:22

Não estou de acordo com a retirada dos azulejos da nossa Igreja...se isso acontecer daqui a pouco tempo temos a frente da nossa Igreja da cor que estamos a ver os seus muros, negros como o carvão. Apelo a todos os Feirenses que exijam da autarquia que restaurem o templo com a dignidade que o mesmo merece, e que no futuro não deixem cair nas péssimas condições como as que se encontram neste momento...é o escarro do concelho.

De Anónimo a 28.03.2008 às 11:05

Então vocês estão preocupados com os azulejos?
As esmolas dão para depois pintar a igreja todos os anos.

De bc23 a 28.03.2008 às 19:31

É com cada ideia!
Acredito que em tempos estivesse sem azulejos, mas depois de décadas com este aspecto, valerá a pena mudar? Por questões económicas!!!!
Deixem lá estar os azulejos e já agora toca a repor os que estão em falta no Convento... as obras ainda não terminaram, mas a verdade é que há paredes totalmente despidas da cor de outros tempos!

De Anónimo Sta Maria Feira a 05.04.2008 às 17:04

Do ponto de vista arquitectónico, sou da opinião de que os azulejos deveriam ser removidos. Esta igreja é um edifício do século XVI e, logicamente, estes azulejos azuis não são originais da construção. Se querem realmente preservá-la e manter a traça original, muito bem. E, tentando Santa Maria da Feira tornar o centro histórico numa zona Medieval, a igreja "funcionaria" bastante melhor sem aqueles azulejos.

Agora, penso também que deveria ser efectuado algum tipo de sondagem à população, uma vez que são os "utentes" dos serviços religiosos lá prestados.

E se, chegando a um concenso, se decidir manter os azulejos, pois que se mantenham: lavem-nos, removam os velhos e mandem fazer novos azulejos (com o mesmo motivo destes) à fábrica de restauro de Ovar.

Ai, ai... tanta coisa por causa de uns azulejos insignificantes... se essa proposta de remoção foi apresentada é logico que algum arquitecto conhecedor do assunto já se pronunciou; As pessoas esquecem-se de que estes profissionais estudaram arte e os estilos de construção...

Boa tarde a todos.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...