Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Fevereiro 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829


Pesquisar

 


Pancadaria em S João de Ver

Domingo, 24.02.08

O Diário de Aveiro noticia:

 

"O presidente da Junta de Freguesia de S. João de Ver e um empregado andaram ao soco, anteontem à tarde, depois de uma troca de acusações e insultos. O funcionário foi alvo de um processo disciplinar, acusado de furto, e foi tirar satisfações com o autarca." (DA)

"O empregado, segundo alguns populares, «é uma jóia de rapaz, mas perdeu a cabeça», depois de receber por correio um processo disciplinar da Junta de Freguesia, onde era acusado, juntamente com um outro colega de trabalho, de ter furtado uma máquina roçadora.
Duas pessoas, que não se quiseram identificar, coincidem nas versões e contam que o funcionário ficou indignado e foi pedir satisfações ao autarca.
«Aquilo que escreveu na carta vai ter de me dizer na minha cara, se tiver coragem», desafiou o funcionário da Junta, citado por populares. O presidente, Amaro Araújo, repetiu as acusações e o empregado retorquiu dizendo que ladrão era ele, que «roubou os irmãos».
O autarca não gostou e terá desferido um soco na cara do funcionário corpulento, que reagiu violentamente a soco e pontapé, e nem a intervenção do secretário da Junta valeu a Amaro Araújo, uma vez que também foi agredido, ficando ambos bastante combalidos.
A nossa reportagem tentou ouvir Amaro Araújo, mas este escusou-se dizendo que se preparava para efectuar exames médicos. Também não foi possível ouvir o funcionário em causa.
A GNR foi chamada ao local, mas só ontem de manhã o presidente da Junta formalizou a queixa."
(DA) Francisco Manuel

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 13:20

3 comentários

De Anónimo a 24.02.2008 às 13:27

Que vergonha, cada vez me convenço mais que realmente não há civismo em parte alguma.
Será que a acusação foi sem fundamento? Não haveriam provas suficientes que eviatssem a pancada?

De Anónimo a 24.02.2008 às 13:49

Por vezes os autarcas são pequenos ditadores, usando a repressão e a violência como muito bem lhes apraz. Não é a soco, a murro e à pancadaria, que se resolvem as coiisas, mas se o funcionário se defendeu, fez muito bem, porque todos têm o direito de repelir pela força qualquer agressão, quando não seja possível recorrer à autoridade pública.

De Anónimo a 29.02.2008 às 12:57

Isto andou em todos os jornais, é uma vergonha, mas na verdade continuam aí comno se nada fosse...politiquices

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...