Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930


Pesquisar

 


Um trabalho exemplar...

Quarta-feira, 21.11.07

Aproveite para ler um bom exemplo do que é realmente uma boa Associação de Pais...

Quando se "entra na escola" para ajudar, os frutos são visivéis.

Quando se entra para controlar, os frutos apodrecem mesmo antes de serem vistos.

“Na passada segunda-feira à tarde, a Associação de Pais da Escola EB/JI Anta 1 convocou uma conferência de imprensa para apresentar os resultados do trabalho realizado e os projectos futuros.
Eleita no ano lectivo 2006/2007, a associação colaborou na festa de Natal do ano passado e ofereceu uma prenda a cada aluno. Também no Natal, os membros da associação ofereceram à escola a versão actualizada da Diciopédia. Já na festa de fim de ano, realizada na Nave Desportiva, a Associação de Pais fez umas rifas para dar um presente aos alunos finalistas e também elaborou um filme que os pais dessas crianças poderiam comprar como recordação. Além disso, com o dinheiro angariado com as rifas, a associação comprou e ofereceu uma fotocopiadora, no valor de cerca de 1800 euros, ao estabelecimento de ensino.
Porém, o que mais preocupou os membros da Associação de Pais quando iniciaram funções foram as condições da escola. O recreio do estabelecimento de ensino estava em péssimas condições para as crianças lá brincarem. Perante esse cenário, a associação falou com a Câmara Municipal de Espinho, responsável pelo espaço, que não tinha verbas para as obras. Com a ajuda do Regimento de Engenharia 3, de Paramos, que cedeu as máquinas e mão-de-obra e com o material e um engenheiro cedido pela autarquia, as obras realizaram-se em Agosto.
Estas são as primeiras alterações feitas na Escola EB/JI Anta 1 desde que abriu há 26 anos. No entanto, para a Associação de Pais, “há muito mais a fazer, sempre com a união de todos”. Certos problemas devem ser resolvidos rapidamente, como o caso do portão novo ou do coberto para a entrada da escola. Com o Inverno, “o portão, que não tem condições, tem que ser aberto manualmente pela funcionária, que apanha chuva”. Também a construção de um coberto para a entrada e para os lados do estabelecimento de ensino é urgente, principalmente devido à Unidade de Intervenção (que abrange crianças com deficiências mais graves) da escola. Já os cobertos para os lados também são essenciais porque, com a chuva, as crianças não entram pelas entradas laterais, mas sim pela cozinha, o que “faz com que não haja condições de higiene”. Outro problema grave para a Associação de Pais diz respeito às silvas, que entram por um dos lados da escola. “Precisamos urgentemente que as cortem. Já pedimos à Câmara para vir cortar, mas a autarquia argumentou que o terreno não era seu. São silvas de dois metros, que escondem cobras e ratos e que não são cortadas há anos”, explicou um dos membros.

Projectos na manga para o futuro, a associação tem muitos planos: “Há a necessidade de criar uma divisória na Componente de Apoio à Família (CAF) do ensino pré-escolar, para as crianças terem condições e para isolar a zona”. Outra prioridade para a Associação de Pais é “assegurar o complemento de horário de manhã”. Como explicou um dos membros, muitos pais deixam os filhos na escola meia-hora antes da abertura dos portões, por volta das 08h45. “São cerca de 15 crianças na rua, por causa das ordens do Ministério. Antes, as crianças entravam para o polivalente, agora ficam na rua”. Por enquanto, os alunos têm sido vigiados por um agente da PSP de Espinho, que no âmbito da operação “Escola Segura” está todos os dias no estabelecimento de ensino das 08h15 às 08h45. Para resolver esta situação, a associação quer contratar uma empregada “para garantir a segurança das crianças”. Os membros da Associação de Pais querem também colocar “um lugar de estacionamento para deficientes” e resolver o problema de trânsito na Rua 25 de Abril, onde se situa a escola. “Com a hora de ponta de entrada e saída da escola, a rua fica um caos e nós propomos que a Câmara altere a circulação apenas para uma estrada de um só sentido. Temos ainda que ouvir também a CerciEspinho para saber o que fazer”. Agradecer a quem ajudouOutro objectivo da conferência de imprensa da Associação de Pais da Escola EB/JI Anta 1 foi agradecer publicamente as ajudas que têm tido por parte de várias entidades. “Queremos agradecer ao Regimento de Engenharia pelo apoio dado nas obras e à PSP, por ter um agente na rua para proteger as crianças. Além disso, gostaríamos de agradecer ao Agrupamento Vertical de Escolas Sá Couto”.
Desde o início das suas funções, “a Associação de Pais tem falado com a coordenadora da escola e com o agrupamento e tem havido sempre entendimento”. Com a atenção de ouvir os professores e funcionários, “resolvemos os problemas. O agrupamento e a coordenadora da escola vão de encontro à Câmara e à Junta de Freguesia de Anta”. Aliás, como destacou um dos membros da associação, “com o dinheiro da Câmara, do agrupamento e com as nossas angariações, conseguimos realizar o que queremos. Estamos todos unidos para levar isto a bom porto”.Lília Marques In Jornaldeespinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kolaborador_4 às 18:53

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds