Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Outubro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031


Pesquisar

 


Mensagem aos professores

Sábado, 13.10.07

 

"Para TODOS os Professores de um engenheiro, marido de uma professora

A propósito das avaliações e do processo continuado de desacreditação dos professores que a Ministra quer impor à opinião pública, gostaria que os professores pensassem no seguinte:

Em vez de fazerem greves inócuas, que ainda por cima cheiram a férias desapropriadas entre feriados, os professores deviam pensar seriamente em cumprir integralmente nas suas escolas o seu horário de trabalho. Passo a explicar:

Pela manhã, TODOS os professores se apresentavam nas suas escolas para iniciarem o seu dia de trabalho. Agora vai ser necessário um pouco de aritmética, mas da mais básica.
Se um professor tem 3 horas de aulas num dia, cumpre mais quatro horas de permanência na escola. Nessas quatro horas, é suposto corrigir testes, preparar aulas, elaborar enunciados das provas, etc., etc. tudo o que se relacione com a sua profissão e que normalmente está habituado (mal) a fazer em casa. É também suposto utilizar as secretárias, as cadeiras, os computadores e as impressoras da escola para o seu trabalho. É que também é suposto que, antes de exigir resultados, a escola lhe forneça condições de trabalho.

No final das sete horas de trabalho diário (7 x 5 = 35) saíam da escola para casa, deixando na escola o trabalho que ficou por fazer *.

Facilmente os Conselhos Executivos chegarão à conclusão que a escola não oferece condições aos professores para que estes trabalhem, e terão que o comunicar ao Ministério, ou não há seriedade.
Ou tentarão os Conselhos Executivos agir de forma a convencerem os professores de que como estes se acotovelam na escola o melhor será irem para casa?

Mas poderão os professores ser penalizados por quererem exercer o seu trabalho no local de trabalho que lhes está por natureza determinado?

Deixem de ser um bando e passem a actuar como um grupo.

TODOS para as escolas desde manhã a cumprirem o horário de trabalho na escola, o local de trabalho natural. Atasquem completamente as escolas coma vossa presença e deixem que a ausência de condições de trabalho faça o resto. Deixem-se de greves inócuas e atrapalhem verdadeiramente o sistema de forma legal.

Provem de uma vez por todas que querem trabalhar e que este patrão não vos dá condições de trabalho apesar de vos exigir resultados, e ainda por cima enxovalhando-vos continuamente.
Substituam os sindicalistas que vos representam tão mal e que já não sabem o que é dar uma aula há mais de 20 anos por Professores que saibam discutir os assuntos de forma séria.
Sejam de uma vez por todos PROFESSORES UNIDOS. Se assim não for, rendam-se às evidências e façam o trabalho dos auxiliares educativos, que ajudam o ministério a poupar uns cobres.
E NÃO SE QUEIXEM.

Para quem não sabe, não sou professor. Sou um reles engenheiro que às vezes pensa nestas coisas, muitas delas quando às quatro ou cinco da manhã grito para a minha mulher que está no escritório a corrigir testes e pergunto se não se vem deitar.
Agora façam a vossa parte. Façam forward deste mail para todos os vossos amigos, especialmente os professores. Comecem a divulgar esta ideia…"

Filipe Pinheiro de Campos
Bragança

Tal como o "Pato Donald" que me parece um professor aflito, assim andam os professores que apesar de terem de passar grande parte do seu dia nas escolas com alunos, ficam com uma grande vontade de regressarem às suas famílias, porque professor também tem família, e no entanto levam sempre a pasta atrás deles com imensos trabalhos para corrigir e aulas para planificar.

Sem dúvida que este mail tem o seu quê de razão, mas um pouco aquém da realidade. Segundo informações que obtive através de mails, que enviei a alguns professores, a quem desde já agradeço a disponibilidade de resposta imediata; descobri que agora os professores do 1º ciclo estão não 25, mas sim 27 horas com alunos, mais uma para atendimento aos pais, o que contabilizado são 28h fixas à escola. Como sabem e segundo a informação que me chegou, nenhum professor consegue sair a horas da escola, acabando por fazer sempre pelo menos mais 30 minutos por dia, em assuntos de secretariado que em nada lhes diz respeito mas que têm de fazer. Restam-lhes 8h para preparação de aulas, correcção de trabalhos e organização do Projecto Curricular de Turma, entre outras situações que surgem e as chamadas reuniões mensais.

Em relação ao 2º e 3º ciclos as coisas funcionam da mesma maneira, tento os professores Directores de Turma o cuidado de trabalhar no Projecto Curricular de Turma, estar atento a todas as situações que envolvem alunos e pais. Têm ainda de tirar faltas semanalmente e introduzir os dados informaticamente. Têm horas de substituição e muitas vezes reuniões extraordinárias para resolver problemas relacionados com indisciplina na escola.

Estou apenas a fazer um "apanhado" geral do que é a vida de um professor. Parece-me que em nada está facilitado, dado nós os "Não professores" não estarmos minimamente dentro do trabalho deles. Devo ainda salientar que é hoje em dia uma profissão de risco e de grande desgaste, estando muito desprotegida e pouco apoiada pela sociedade em geral.

As condições das escolas são péssimas na maioria dos casos e este blog já fez referência a esse assunto e no entanto tudo parece continuar na mesma. Não quero com este post defender os professores, apenas dar a conhecer um pouco mais do que é esta profissão.

Em relação ao mail enviado pelo amigo Filipe Campos, devo acrescentar que a estratégia parece-me bastante boa, por isso mesmo, deixo aqui a divulgação e espero que chegue até ao maior número de professores possível, quem sabe mostrando ao Ministério da Educação as condições de trabalho de um professor as coisas não mudavam?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 19:02

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds