Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30


Pesquisar

 


Avelar Brotero e não Brotelo

Terça-feira, 25.09.07

 

Deixo-vos um texto de um jovem atento à sua terra enviado ao kaska&deskaska.

Chamo à atenção claramente para o facto deste jovem vir após 8 anos dar-nos a conhecer a incompetência da nossa Junta de Freguesia. Lamenta-se que se reconheça oficialmente um erro, se prometa corrigi-lo e só porque se tratavam de crianças (na altura) atentas, ignora-se durante oito anos. Felizmente estas “crianças” crescem e não esquecem a forma como são ignoradas, e hoje podemos “ver” uma destas crianças já crescida a voltar a chamar à atenção do mesmo executivo que há oito anos atrás a ignorou.

A este jovem deixamos os nossos parabéns pela atitude meritória de estar a mostrar ser um cidadão consciente e responsável.

Texto enviado

Sou um jovem com 17 anos e sou de Arrifana.

Vivo na Rua Afonso de Albuquerque, um pouco mais abaixo da escola da Carvalhosa.

Actualmente encontro-me no 12º ano de escolaridade e recordo-me de que, há cerca de 8 anos, quando frequentei o ensino primário na escola referida (4º ano), a minha turma teve de fazer um trabalho de pesquisa sobre “Avelar Brotero” ( Avelar Brotero estudou medicina pela Universidade de Reims, França. Foi nomeado professor de Botânica e Agricultura na Universidade de Coimbra em 1791, e nessa qualidade passou a dirigir o Jardim Botânico. Em 1820 foi eleito deputado às Cortes Constituintes. Entre outros livros escreveu Flora Lusitânia onde identificou cerca de 1800 espécies, muitas delas desconhecidas até então.) e alguém referiu que na nossa vila existia uma rua com esse nome, dedicada a essa personalidade nacional. Esta rua, se é que lhe poderemos chamar “rua”, é aquela calçada estreita de paralelos que se inicia junto ao lago dos patos, em Manhouce (em frente à escola), e que ruma até a Rua Alves Redol, pelo meio dos campos, tendo algumas ramificações pelo meio, uma delas com a Rua Afonso de Albuquerque.

No momento em que fizemos essa pesquisa, volto a referir, há 8 anos, a turma deparou-se com o erro na placa situada no entroncamento da “rua” com a rua Afonso de Albuquerque (colocada na parede de uma casa alta e antiga, amarelada, janelas grandes de alumínio castanho), onde ainda hoje se pode ler “Rua Avelar Brote“L”o. Nessa altura, a nossa turma não só teve o cuidado de avisar a junta de freguesia de Arrifana, como também enviou um artigo sobre o mesmo para o jornal Terras da Feira, tendo este sido publicado (embora não consiga precisar o número da edição) e tendo a Junta de freguesia reconhecido oficialmente e prometido a posterior correcção…

… e nada fez, até então, como já é habitual. Será utópico de mais pedir que se coloque uma placa com o nome correcto em vez da errada?

Todos sabemos que é uma coisa insignificante… mas, há que tomar atenção às pequenas coisas e tê-las como exemplo para posteriores obras maiores. Isto acontece no lugar de Guilhadães/Manhouce, os lugares mais distantes do centro. Esquecimento? Talvez, mas já dura há mais de 8 anos…

 OBRIGADO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 12:26

10 comentários

De arrifanense a 25.09.2007 às 19:29

Grande chancada para a JFA, 20 anos no poder e até as criancinhas os chamam à atenção e eles continuam com palas nos olhos.
Este jovem esperou 8 anos para voltar a denunciar o mesmo erro e a população arrifanense já espera há 20 anos por soluções mais graves como ter estradas decentes, parques de lazer decentes, saneamento decente, lar de terceira idade decente, etc etc mas o importante foi deixar construir hipermercados para que estes arranjassem as estradas.
Parabéns rapaz, precisamos de gente como tu para o futuro desta terra.

De Anónimo a 25.09.2007 às 20:11

A chancada está mal dirigida. Quem coordenou a toponímia em Arrifana com plenos poderes foi o Sr. Celso Matos, que por acaso até é do PS.Mas ainda bem que se notou o erro. Pena é que só foi agora. Parece que afinal os distraídos foram muitos e durante muito tempo

De morador da bila a 25.09.2007 às 20:53

Ora aí é que o Sr. Se engana, está bem dirigida e na altura, há 8 anos atrás ficou prometido pela JFA rectificar o que nunca fez.
Não é fácil qualquer cidadão descobrir este erro, é uma verdade, mas se foi descoberto há 8 anos atrás porque motivo não foi de imediato rectificado?

De Anónimo a 26.09.2007 às 11:50

É falso, porque a toponímia foi feita em 1995 e nessa altura não houve qualquer dúvida sobre isto. Qualquer situação à posteriori, tera´acontecido em 99. Que se corrija, mas quem fez a toponímia de alto a baixo, bem ou mal foi o sr. Celso Matos!

De Anónimo a 26.09.2007 às 13:07

Eu penso que o importante aqui é corrigir a placa e tudo fica resolvido não acham?
Assim deixamos de ter um erro na terra, é menos um.
A prova mais que provada está fornecida por este jovem, há que aceitar e corrigir.
Andam aí com acusações para cima e para baixo para quê? Isso não importa, importa rectificar o que está mal.

De lutador a 25.09.2007 às 20:14

Espero que a oposição faça eco da chamada de atenção deste jovem ,pois no dia 27/09/07 vai haver assembleia , portanto gostava de ver a oposição pedir contas por mais este lapso de incompetência da nossa querida Junta de Freguesia. Mas também não deixo de chamar a atenção desta mesma oposição , por ainda não ter forçado a junta a repor a legalidade daquilo que está mal, espero uma oposição forte e concisa para que os Arrifanenses possam começar a acreditar numa verdadeira alternativa, para ver se Arrifana começa a andar e mostrar aos Arrifanenses que em Arrifana não existe só meia dúzia de homens capazes de poder governar Arrifana.

De Anónimo a 26.09.2007 às 12:48

Como é possível ter sido o Sr. . Celso Matos o autor da toponímia da freguesia, se em 1995 já estava esta junta no poder? Isto está a fazer-me confusão. Peço a quem esteja devidamente informado, que tente esclarecer os Arrifanenses desta situação, para que fique claro de quem foi a responsabilidade. Também queria adiantar que não é só nesta rua que existe erro, pois a rua de Manhoce não existe, porque segundo pesquisas feitas, em Arrifana existe sim Manhouce " a exemplo da escola de Manhouce , portanto aqui em Arrifana faz-se muita coisa em cima do joelho .

De Anónimo a 26.09.2007 às 14:01

Por acaso até nem era esta junta. Era liderada por Dário Matos, mas por acaso quem lhe estava na oposição era o David Ferreira. Na altura o Sr. Celso Matos foi convidado para fazer a toponímia até porque tinha sido presidente da Junta e Membro da Assembleia muitos anos. Na altura muita gente achou que se fez aquilo para o calar. O que até é uma verdade!

De Anónimo a 26.09.2007 às 21:46

São uma cambada de lesbos de ideias. Nas assembleias, sentam-se parecendo que estão numa tasca. Oposição não existe, o que é chocante. Que mais dizer desta cambadazita de incompetentes e analfabetos.? Que Deus lhes perdoa que eu não tenho capacidade.

De Anónimo a 27.09.2007 às 22:48

Bem vamos lá ver, corrige-se ou não se corrige?

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...