Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Julho 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Pesquisar

 


Nós explicamos, mas eles teimam em complicar!

Quinta-feira, 12.07.07

(Foto do Jornal Terras da Feira)

Os leitores habituais Decerto se recordarão de termos vindo ao blog (23 de Abril e 9 de Maio) chamar à atenção a quem de direito para as irregularidades que estavam a ser cometidas na Rua Saul Eduardo Rebelo Valente.

Aos poucos as coisas começam a compor-se.

Primeiro foi a “manilha” que posteriormente e bem, acabou por desaparecer do meio da via, agora e segundo vem publicado hoje no Terrinhas no que se refere aos “STOP” que lá foram colocados substituindo os sinais de “aproximação de estrada com prioridade” vão ter que ser retirados porque “os serviços camarários sublinham não ter havido alteração à postura de trânsito. Logo tudo volta à fórmula antiga(sic)”.

Muito bem, dirão alguns, menos mal diremos nós, e porquê? Questionarão, pois bem vamos a factos.

  1. A Toponímia de Arrifana quando foi aprovada dizia que no cruzamento da Rua Saul Eduardo Rebelo Valente com a Rua 25 de Abril, esta última tinha prioridade (mal quanto a nós, mas foi assim aprovado),
  2. Sem que tivessem feito qualquer tipo de alteração à Toponímia, substituíram os sinais de “aproximação de estrada com prioridade” por “STOP”, acrescido ainda de “STOP” na via (pior a emenda que o soneto, pois se mal estava, pior ficou, tanto mais que a via prioritária na prática deveria ser a Rua Saul Eduardo Rebelo Valente),
  3. Vem agora a Câmara deliberar que tudo volta à forma antiga, mas não volta, ou antes cometem uma outra ilegalidade, porque o que ficou deliberado em Câmara (segundo o jornal) é que a Rua que fica com prioridade é a Rua Saul Eduardo Rebelo Valente.

Alguém consegue perceber? Se a Toponímia não foi alterada prevalece o que está escrito em (1), se prevalece o que está em (3) a Toponímia tem de ser alterada, mas a realidade actual é o que está em (2).

Só acrescento mais uma informação, que agrava ainda mais as coisas, se houver um acidente, nenhuma Seguradora se responsabilizará pelas indemnizações, poderá e penso que só em Tribunal o fará, ser a Câmara a ter que suportar com todos os custos, podendo se assim o entender vir a ser ressarcida das verbas dispendidas pela Junta de Freguesia.

Como dizia o Badaró - Nós ispilicamos, vocês cumpilicam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kabilkar às 16:51

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds