Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Abril 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Pesquisar

 


Violência Doméstica Mata + do Que o Cancro

Segunda-feira, 23.04.07

Sabendo que o cancro, é um dos maiores flagelos mundiais, onde vitima milhões de pessoas em todo o mundo, nem quero acreditar que a violência doméstica esteja na frente deste grande flagelo, como é noticiado numa revista credível em Portugal. Faço um apelo a todas as pessoas que verifiquem maus tratos domésticos , não se inibam de os denunciar, porque só assim faremos com que haja uma sociedade mais justa e fraterna. Denunciem, porque é um caso humanitário.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kolaborador_7 às 23:19

7 comentários

De Bernardo Moura a 24.04.2007 às 10:35

Concordo plenamente. Denunciem.
O governo quer implementar uma redução nas taxas hospitalares nos casos de pessoas vitimas de violência doméstica e penso que será também uma boa forma de as pessoas dizerem quem os agrediu, o que realmente sucedeu.

De Anónimo a 24.04.2007 às 14:11

Desta não esperava eu, ser um flagelo maior que o próprio cancro, em que mundo vivemos?

De Anónimo a 25.04.2007 às 10:08

Vai ser incluído na lei contra a violência doméstica também casos de agressões entre namorados, mesmo que não vivam juntos e em homossexuais, desta vez a coisa parece mais séria. Segundo informações da TVI dadas por um agente das autoridades, as agressões no último ano aumentarem significativamente e em especial a idosos. Não se pode deixar passar em branco situações lamentáveis como estas, devem ser denunciadas sem medo. Precisamos de uma sociedade mais equilibrada e justa.

De MC a 25.04.2007 às 22:57

Existem pessoas que ajudam as vítimas de violência doméstica por pensarem que se calhar nunca vão precisar de auxílio mas aproveito para alertar .............

Muitas vezes os nossos telhados são de vidro e o que acontece aos outros hoje pode-nos acontecer amanhã por isso DENUNCIEM situações que conheças e não querendo ser demasiado radical, se não surtir efeito procurem outros meios de ajudar quem sofre maus tratos de autênticos animais.


Saudações da Ilha de Santa Maria nos Açores

De Atento a 26.04.2007 às 09:26

Violência doméstica, concordo e discordo, nem tudo pode ser considerado violência doméstica. Homem que bate em mulher é cobarde, e mulher que bate em homem é o quê? E muitas vezes pensam que há violência e esta é mais uma rotina de discussões que se resolve com uma simples separação, é para isso que elas existem. Cuidado com o que se diz, e não esqueçamos de quem se faz de vitima (masc ou fem) para se fazer ouvir de uma depressão crónica ou coisa do género. As análises devem ser bem feitas. Isto para não falar da violência doméstica em menores, que na maioria das vezes os pais batem nos filhos em desespero e não são ajudados a educar de forma diferente, pelo contrário são acusados de maus pais e raramente têm ajuda. Isto das leis é tão bonito, pena que as ajudas depois não existam. A minha opinião de homem maduro e inteligente, pelo menos eu considero-me é que a sociedade precisa de mudar de mentalidade. Vamos 1º ajudar e só depois criticar.

De MC a 26.04.2007 às 11:50

Para que conste...........A minha opinião é direcionada para quem pratica violência doméstica independentemente de ser homem ou mulher.


Saudações

De visitante a 26.04.2007 às 14:06

Eu concordo, a violência tanto é sentida pelas mulheres como pelos homens, bem sabemos que existem mulheres a baterem nos homens, não são casos únicos. Infelizmente a violência passa diariamente pelas televisões e levam os mais jovens a usufruírem dela em qualquer circunstância. Eu penso que quando se fala de violência, não estamos a falar de uma discussãozita , ou de uma sapatada no rabo que mãe deu enervada, estamos a falar de murros, pontapés, empurrões , violência verbal, em que as palavras ferem, e doem por dentro, estamos a falar de desespero. Estas pessoas na realidade precisam de ajuda e raramente são ajudadas. Muitas criticas se fazem sem pensar, e nesse aspecto eu concordo com o amigo atento, é preciso ajudar estas pessoas, muitas delas sofrem horrores psicológicos e são violentas, descontroladas e nem sabem o que fazem. A intervenção é urgente nestes casos, devemos estar atentos e saber distinguir o que realmente é violência.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...