Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Dezembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


Pesquisar

 


População de Aveiro enganada pela Câmara e ex governantes,

Terça-feira, 13.12.11

 

População de Aveiro enganada pela Câmara e ex governantes, com promessas falsas de criação de 200 postos de trabalho.

A Nissan anunciou a suspensão da construção da fábrica de baterias em Cacia. Este investimento, cuja primeira pedra foi lançada em Fevereiro de 2011, previa a criação de 200 postos de trabalho e um investimento de 156 milhões de euros. O Bloco de Esquerda pretende, por isso, esclarecimentos sobre esta decisão que apanha o país e, principalmente, os habitantes do distrito de Aveiro de surpresa.

O processo que levou a Nissan a indicar Portugal como um dos países que iria receber uma das fábricas de construção de baterias para veículos eléctricos teve o apoio público do Governo da altura. Aliás, foi uma vasta comitiva ministerial participou no lançamento da primeira pedra. Assim, é necessário que se tornem públicas as contrapartidas que foram dadas à Nissan para que o investimento ocorresse em Aveiro. Segundo o Ministro da Economia da altura, haveria “apoios financeiros, fiscais ou apoios do QREN”, pelo que é necessário esclarecer os portugueses de que apoios se falava.

Este investimento foi considerado estratégico para o país, pelo que a sua suspensão coloca várias questões que o Governo tem de esclarecer. A primeira das quais é se o Governo teve conhecimento antecipado da decisão da Nissan e se irá exigir a devolução das contrapartidas prestadas à Nissan. Mas, é também necessário que o Governo preste esclarecimentos ao país sobre esta suspensão de investimento estrangeiro em Portugal. Como é possível que o Governo, que tantas vezes fala em diplomacia económica, falhe agora o cumprimento de um investimento estrangeiro que estava completamente acertado?

Por outro lado, o investimento iria criar 200 postos de trabalho numa região extremamente fustigada pelo desemprego. A suspensão em causa levanta a necessidade da existência de compensações que possibilitem a criação de emprego que, agora, ficará frustrada.

O Bloco de Esquerda considera essenciais as respostas do Governo perante esta atitude da Nissan. Ainda durante a manhã a Câmara Municipal de Aveiro dizia que este investimento era o exemplo da capacidade de "afirmar Aveiro como cidade de futuro", atraindo projectos industriais "de grande envergadura tecnológica". Algumas horas depois deste comunicado camarário, a Nissan dava conta da intenção de suspender a construção da fábrica, ridicularizando o executivo municipal.

Perante esta falácia o deputado do BE Pedro Filipe Soares, questionou já hoje o Ministério da Economia e do Emprego, sobre mais uma promessa que ficou por concretizar. Ler aqui as perguntas  

 

Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

Peditório para Centro Social de Arrifana é Burla

Terça-feira, 13.12.11

Segundo o Terras da Feira , o Centro Social e Paroquial de Arrifana alerta para um falso peditório a favor desta instituição de apoio às crianças e idosos, a decorrer há alguns dias em S. João da Madeira.

Leia a notícia aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Administração às 17:52


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds