Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Twitter


calendário

Novembro 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930


Pesquisar

 


Este país não é para corruptos

Sábado, 27.11.10

Em Portugal há que ser especialmente talentoso para corromper. Não é corrupto quem quer.

 

Portugal é um país em salmoura. Ora aqui está um lindo decassílabo que só por distracção dos nossos poetas não integra um soneto que cante o nosso país como ele merece. "Vós sois o sal da terra", disse Jesus dos pregadores. Na altura de Cristo não era ainda conhecido o efeito do sal na hipertensão, e portanto foi com o sal que o Messias comparou os pregadores quando quis dizer que eles impediam a corrupção. Se há 2 mil anos os médicos soubessem o que sabem hoje, talvez Jesus tivesse dito que os pregadores eram a arca frigorífica da terra, ou a pasteurização da terra. Mas, por muito que hoje lamentemos que a palavra "pasteurização" não conste do Novo Testamento, a referência ao sal como obstáculo à corrupção é, para os portugueses do ano 2010, muito mais feliz. E isto porque, como já deixei dito atrás com alguma elevação estilística, Portugal é um país em salmoura: aqui não entra a corrupção - e a verdade é que andamos todos hipertensos.

Que Portugal é um país livre de corrupção sabe toda a gente que tenha lido a notícia da absolvição de Domingos Névoa. O tribunal deu como provado que o arguido tinha oferecido 200 mil euros para que um titular de cargo político lhe fizesse um favor, mas absolveu-o por considerar que o político não tinha os poderes necessários para responder ao pedido. Ou seja, foi oferecido um suborno, mas a um destinatário inadequado. E, para o tribunal, quem tenta corromper a pessoa errada não é corrupto - é só parvo. A sentença, infelizmente, não esclarece se o raciocínio é válido para outros crimes: se, por exemplo, quem tenta assassinar a pessoa errada não é assassino, mas apenas incompetente; ou se quem tenta assaltar o banco errado não é ladrão, mas sim distraído. Neste último caso a prática de irregularidades é extraordinariamente difícil, uma vez que mesmo quem assalta o banco certo só é ladrão se não for administrador.

O hipotético suborno de Domingos Névoa estava ferido de irregularidade, e por isso não podia aspirar a receber o nobre título de suborno. O que se passou foi, no fundo, uma ilegalidade ilegal. O que, surpreendentemente, é legal. Significa isto que, em Portugal, há que ser especialmente talentoso para corromper. Não é corrupto quem quer. É preciso saber fazer as coisas bem feitas e seguir a tramitação apropriada. Não é acto que se pratique à balda, caso contrário o tribunal rejeita as pretensões do candidato. "Tenha paciência", dizem os juízes. "Tente outra vez. Isto não é corrupção que se apresente."

 

Fonte: Visão

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

RVCC – Sessão de Júri

Sábado, 27.11.10

 

 

No seguimento de notícias anteriores os grupos de adultos de Arrifana que estiveram a desenvolver o processo de RVCC no CNO da Escola Secundária de Santa Maria da Feira estão em fase de conclusão de processo tendo já concluído cerca de uma dezena e no próximo dia 29 de Novembro, Segunda-feira terminarão mais 8 adultos numa sessão de Júri de Validação (Sessão Pública) que, a titulo excepcional, será realizada no Auditório da Junta de Freguesia após as 19h30m.

Através da colaboração com o Centro de Novas Oportunidades da Escola Secundária de Santa Maria da Feira, todos os interessados podem valorizar-se e reconhecer as suas competências pessoais, profissionais e sociais e obter conjuntamente uma certificação escolar ao nível 6º Ano e 9º Ano, ou 12º Ano.

 

Está na altura de novos Arrifanenses aproveitarem a oportunidade de se inscreverem e terem a possibilidade de realizarem o Processo RVCC – Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências na nossa Vila de Arrifana.

 

Quem pretender os primeiros esclarecimentos pode comparecer na Junta de Freguesia ou se desejar inscrever-se através do impresso que pode imprimir e depois ser enviado para os contactos referidos ou entregue na Junta de Freguesia.

 

As oportunidades não se discutem!.. APROVEITAM-SE

 

Os adultos que frequentaram o anterior processo agradecem:

- À Junta de Freguesia de Arrifana;

- Ao Grupo de Cidadãos Unidos Por Arrifana. – UPA,

- Ao Sr. Zulmiro Familiar pela cedência gratuita das instalações – Café Zubel,

- À EB2,3 de Arrifana e;

- A toda a equipa do Ensino Básico do CNO da Escola Secundária de Santa Maria da Feira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

ATL - Esta "novela" parece não ter fim

Quarta-feira, 24.11.10

 

 

Tal como o Kaska já tinha mencionado fala-se da existência de umas actas, gráficos e documentos contabilísticos do Centro Social e Paroquial de Arrifana aos quais ainda não conseguimos ter acesso.

 

Mas no "Terras da Feira" de 22-11-2010 e no "O Regional" de 18-11-2010 pode ler-se uma carta de um Arrifanense que traz a público aquilo que diz serem os lucros desta IPSS em 2008 e pasmemo-nos todos…

Esta direcção privou os nossos filhos do ATL com lucro em 2008 de €39.436,76 (Trinta e Nove Mil Quatrocentos e Trinta e Seis Euros e Setenta e Seis Cêntimos)?

Segundo a mesma fonte (que terá tido acesso ao Balanço) no final de 2008 o Centro Social e Paroquial de Arrifana tinha em Depósitos Bancários e Caixa a “módica quantia” de €112.521,82 (Cento e Doze Mil Quinhentos e Vinte e Um Euros e Oitenta e Dois Cêntimos).

Porque o nosso blog usa fontes totalmente fidedignas remetemos para a página da Diocese do Porto onde temos uma minuta daquilo que devem ser os Estatutos dos Centros Sociais Paroquiais que no Artº 3º são claros e dizem “O Centro não tem fins lucrativos, mas fins religiosos de assistência e de solidariedade.”.

 

Se havia MUITO DINHEIRO como a notícia diz porque razão fechou o ATL?

 

A mesma notícia informa sobre duas actas uma de Agosto e outra de Setembro de 2009.

 

Em Agosto de 2009 era intenção da direcção despedir 3 funcionárias pelo fecho do ATL e na acta dessa altura poderá ler-se:

“… optou a direcção por despedir três funcionárias visto ter de encerrar a valência de CATL a partir de um de Setembro de 2009. A Animadora Cultural; Carla…Matos, a Técnica de Actividades de Tempos Livres; Lúcia…Oliveira e a Ajudante de Ocupação; Maria…Araujo … Ficaram integradas na Instituição a Animadora Cultural Sandra…Leite e a funcionária de Serviços Gerais Maria…Sousa…”.

 

Como se sabe as 3 funcionárias foram despedidas e reintegradas pelo Tribunal e para auxiliar a memória sobre o que aconteceu naquela data remetemos para o nosso Kaska.

Foram postas de “castigo” no ATL e lembram-se que o Kaska informou que o Sr. Padre chegou completamente “incendiado” contra as 3 funcionárias?

Pois é, parece que há documentos que comprovam esta teoria.

Nas mesmas notícias pode ler-se aquilo que dizem ser uma acta de 29 de Setembro de 2009:

“…a Instituição foi notificada para comparecer nos dias 16,17 e 21 de Setembro no Tribunal de Trabalho de Santa Maria da Feira … Esta notificação estava relacionada com os processos de despedimentos das funcionárias Carla…Matos, Lúcia…Oliveira e Maria…Araujo. A conclusão deste processo foi que a instituição conduziu mal o despedimento e o Tribunal decidiu que as funcionárias em causa fossem reintegradas. A nossa advogada reconheceu que o processo foi mal conduzido e a única forma de as demitir era instaurar um processo de despedimento colectivo, uma vez que a valência do ATL encerrou. No entanto teríamos de incluir as funcionárias Sandra…Leite, animadora cultural que desde o mês de Abril de 2007 prestava serviço parte do dia no nosso Centro de Dia e Maria…Sousa, serviços gerais, que ficou a trabalhar parte do dia no Centro de Idosos e a outra parte no Centro Infantil…”

 

Como o Kaska na altura informou o Sr. Padre Marco António Moreira Silva chegou a Arrifana a 20-09-2009.

Tal como referem as notícias em apenas 9 dias o Sr. Padre conseguiu corroborar com uma decisão que mandou para o desemprego 5 pessoas.

Será que o Presidente do nosso Centro Social tentou ao menos falar com as pessoas, percebê-las? (em 9 dias não era fácil resolver tão complexo caso) 

Assumindo como verdade a noticia será que o Sr. Padre conhece esta acta?

 

Há muitas perguntas que estão sem resposta mas não é de acreditar que um jornalista venha a publico com este tipo de informação sem ter feito devidamente o trabalho de casa (até porque para os jornais publicarem isto tiveram com certeza acesso aos referidos documentos).

 

Uma certeza o Kaska tem até à data ainda não foi feita à população a tão pedida e cada vez mais premente “Sessão de esclarecimentos sobre o Centro Social e Paroquial de Arrifana”.

 

Por isso fazemos daqui um apelo ao Sr. Padre Marco António Silva que acreditamos ser leitor do nosso blog (em 18-09-2009 pelas 18:06 tivemos um comentário que indiciava ser do Sr. Padre), por favor acabe com este “diz que disse” e faça o tão aclamado esclarecimento público sobre esta questão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Administração às 22:38

Francisco Louçã em S. João de Ver

Quinta-feira, 18.11.10

Francisco Louçã estará no próximo domingo, dia 21 de Novembro, em S. João de Ver.
 
Domingo, dia 21 de Novembro, às 12.15h, almoço com a presença de Francisco Louçã e do deputado eleito por Aveiro

 

Pedro Filipe Soares. Este almoço realiza-se  na Quintinha do Gabriel em S. João de Ver.  
 
  
Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segue o tempo de antena do Bloco de esquerda

Terça-feira, 09.11.10

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mais uma vitória

Domingo, 07.11.10

 

PARABÉNS AO F.C DO PORTO POR MAIS UMA VITÓRIA FASCINANTE

 

NINGUÉM OS PÁRA!

5-0

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Portugal Insular – Uma alternativa para professores e não só

Quarta-feira, 03.11.10

Seja por opção de carreira ou porque as circunstâncias a isso obrigam os arquipélagos são cada vez mais uma alternativa interessante para pessoal docente não colocado no Continente.

O suplício das filas de desemprego ano após ano levam alguns docentes a deixar família e amigos para tentarem a sorte longe do seu “Habitat natural”. Portugal Insular por razões de vária ordem tem sido destino bastante procurado, com alguns casos de sucesso.

O Kaska numa altura em que os docentes voltam aos Centros de emprego, posiciona-se como fonte de informação para potenciar a procura de trabalho sempre na procura de um futuro melhor e felicita tantos quantos já deixaram o conforto dos seus lares para tentar a sorte num Portugal longínquo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Falta de médicos no S. Sebastião

Quarta-feira, 03.11.10

Falta de médicos no Serviço de Oncologia do Hospital S. Sebastião( Santa Maria da Feira)
O Bloco de Esquerda teve o conhecimento de um gravíssimo problema de falta de médicos no Serviço de Oncologia do Hospital S. Sebastião, em Sta. Maria da Feira. A situação é de tal maneira grave que este serviço conta apenas com um médico, número manifestamente insuficiente para cumprir com as necessidades.
O Hospital S. Sebastião serve, na especialidade de oncologia, uma grande parte do norte do distrito de Aveiro. Logo, a falta de profissionais de saúde cria problemas que são sentidos, em primeiro lugar, pelos pacientes. Assim, muitos dos pacientes estão já a ser informados pelo correio sobre o adiamento das suas consultas.
A informação que o Hospital S. Sebastião tem prestado aos doentes é a de que o assunto estaria a ser tratado. Contudo, nenhuma data foi apresentada para que seja resolvido o problema. Esta é uma situação gravíssima, na medida em que, na luta contra o cancro, todos os minutos contam. Os atrasos na realização das consultas colocam em causa o sucesso de cada paciente nesta luta. No cancro não há uma segunda oportunidade, esta situação, é intolerável e inadmissível.
O Bloco de Esquerda exige a urgente resolução da falta de médicos no Serviço de Oncologia do Hospital S. Sebastião. Nesse sentido, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda, através dos deputados Pedro Filipe Soares e João Semedo, realizaram uma pergunta ao Ministério da Saúde para que seja esclarecido e resolvido este problema. Ler aqui as perguntas
O Bloco de Esquerda considera que as políticas que o Governo de José Sócrates tem levado a cabo, colocam o Serviço Nacional de Saúde à beira do colapso, como esta situação bem exemplifica. Os cortes cegos nos serviços de saúde, bem como a desvalorização dos profissionais de saúde criaram graves problemas que agora estão a atingir as populações
O Bloco de Esquerda considera que o Orçamento de Estado para 2011 vai agravar estes problemas, no sentido em que diminui drasticamente o orçamento do Ministério da Saúde.
 
Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds