Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Janeiro 2010

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Pesquisar

 


“Valência não fechou por falta de crianças”

Sábado, 02.01.10

"O encerramento da Valência do ATL do Centro Social e Paroquial da Arrifana tem merecido muitas críticas na freguesia, além de uma luta que os pais das crianças que o frequentavam têm em mãos, para apuramento das verdadeiras razões que ditaram aquele desfecho. Entretanto, prometem não baixar os braços e “lutar até onde for preciso, para que a freguesia não perca uma mais-valia tão importante como a valência do ATL”."
 

Leia a notícia no Regional

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Novo hospital

Sábado, 02.01.10

Oliveira de Azeméis vai ter um novo hospital. Primeiro andaram a fechar hospitais, agora vão construir novos. Que haveremos nós de pensar?

Bem, pelo menos vamos ficar melhor servidos na área da saúde já que o S. Sebastião está lotado e o hospital de Oliveira de Azeméis está super ultrapassado.

Dado haver ensino superior na área da enfermagem em Oliveira de Azeméis, nada melhor que construir nessa zona.

 

"O presidente da ARS Norte – Administração Regional de Saúde do Norte, Fernando Araújo, anunciou publicamente na inauguração da Unidade de Saúde Familiar (USF) do Nordeste a construção de um novo hospital em Oliveira de Azeméis.
A unidade será vocacionada para servir os concelhos da região de Entre Douro e Vouga, tendo já sido “iniciado um estudo sério e profundo sobre a necessidade de construção de um novo hospital em Oliveira de Azeméis”, anunciou o responsável da ARS Norte.
Depois de realizado o estudo e de ser publicamente debatido, para Fernando Araújo “faz sentido existir uma nova unidade hospitalar que substitua a actual”, já que a mesma está “ultrapassada”.
O responsável da ARS Norte acrescentou que tem o apoio da autarquia para a construção do novo hospital, nomeadamente na cedência do terreno. Fernando Araújo revelou ainda a importância de se “definir um programa funcional, arranjar fontes de financiamento e tentar construir a unidade hospitalar no terreno no mais curto espaço de tempo”.
In Diário de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Amado por uns e odiado por outros

Sábado, 02.01.10

Numa das minhas visitas ao site da UPA,  http://www.upa.pt.vu/ encontrei este texto de um anónimo, o que achei estranho, haver um artigo anónimo na UPA, no entanto não pude deixar de partilhar com os "meus amigos" do kaska, porque realmente é um texto impressionante, que vale a pena ler.

Quem terá tanto ódio a este senhor? Porque quem o ama não temos dúvidas.

 

 

"Zulmiro Familiar, uma figura de Arrifana falada nos últimos tempos, amada por uns, odiada por outros. Mas afinal, esta personagem que apareceu nesta última década, o que será que tem feito para ser tão amada e tão odiada?

No meu entender, todos os cidadãos conquistaram a liberdade de expressão, logo após o 25 de Abril de 1974. Por essa razão a opinião pública deverá aceitar tudo quanto é escrito nos jornais, revistas, etc, desde que a mesma escrita não seja ofensiva à moral pública. Só desta forma, havendo liberdade, podemos dar razão aos nossos ideais, mesmo que menos correctos, mas que através da “crítica” poderão ser explicados, levando-nos à consciência e à reflexão.

Este Arrifanense, começou a expressar os seus sentimentos de “revolta” nos jornais, no início de 2006, aquando da célebre questão da emblemática Escola de Manhouce. Foi a partir deste imbróglio que começaram a surgir os tais problemas com esta figura gerando uma relação de amor/ódio.

Tem sido através dos blogs, que andam por aí, que muitos dos Arrifanenses se têm expressado, uns contra, outros a favor das intervenções jornalísticas, que Zulmiro Familiar tem feito, chamando a atenção dos reais problemas que acontecem a todo o momento na Vila de Arrifana. No meu entender, sobre esta matéria estou do lado dos que amam as ideias desta figura, porque vejo nela vontade de colaborar no engrandecimento de uma terra, que ainda está muito aquém das realidades de um desenvolvimento cabal das necessidades da sua população.

Teremos que ser nós cidadãos de Arrifana, a lutar por todo o seu desenvolvimento. Não podemos deixar que seja uma só figura a focar os reais problemas da nossa terra, eles são mais que muitos e para isso é preciso estarmos presentes, não só no dia de eleições, mas sim no dia-a-dia, falando e alertando tudo o que estiver mal no nosso pensamento pois só assim poderemos esperar uma Vila com maior desenvolvimento.

Sê Arrifanense participativo denunciando e colaborando na vida activa de Arrifana."

(Anónimo a pedido do autor)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds