Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Agosto 2009

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Pesquisar

 


Últimas novidades

Terça-feira, 04.08.09

Parece que Arrifana se vai ficar por três forças políticas, sendo uma independente.

Leia as novidades aqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Isto é campanha?

Terça-feira, 04.08.09

 

 

 

 

Depois venham dizer que tudo serve para campanha.
Temos aqui um bom exemplo da campanha feita pelo “pobo”.
Em pleno centro de Santa Maria da Feira, consegui ver este caixote do lixo completamente vazio e o lixo todo colocado no chão. Que conselho dão vocês, os que andam sempre por aqui a proferir “linguagem de lixo” para esta solução.
Começo a achar que quem faz este tipo de coisas é sem dúvida algum daqueles que cospe para o chão em plena estrada, ou que vem aqui e simplesmente critica e fala do que não sabe, aquele que sai de casa e vai para o café fumar uns cigarros e colocar a beata para o chão com o cinzeiro em cima da mesa.
Não há político nem política que resolva o “berço” em que cada um é criado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

M.F.L. não precisa de férias

Terça-feira, 04.08.09

 

Hoje apetece-me falar dos “grandes”, vou divagar a minha percepção das “coisas” em relação ao governo.
Manuela Ferreira Leite, afirmou não precisar de férias, porque já as gozou.
Temos a Manuela Ferreira Leite a concorrer a Primeiro Ministro, uma determinadíssima economista que diz em público: “Enquanto o Estado fizer tudo, o país não vai crescer”. Fantástica observação, extraordinária frase. Vai ficar para a posteridade. Parece que os portugueses têm tudo feitinho pelo governo central, só nós é que não conseguimos enxergar nadinha.
Então será verdade que o Estado faz tudo e não deixa nada para os privados? Será mesmo que não existe “Privado” em Portugal? Estará Manuela Ferreira Leite a pensar governar o país somente com uma economia privada? Até nos parece que o estado vai “fechar portas” para obrigar Portugal a trabalhar.
Podemos fazer uma breve análise às áreas em que o estado intervém e descobrimos o seguinte: educação, saúde, defesa e participações, directamente ou indirectamente (através de empresas públicas), em empresas nacionais como a EDP, Caixa Geral de Depósitos…etc.
Como podem ver nada de mais, nas primeiras o estado “brinca” à educação (tira, tira, tira), “brinca” à saúde e (obriga, obriga, obriga) a trabalhar de sol a sol, na defesa (investe, investe, investe) para a “guerra de ultramar”, esquece-se é que isso já foi há muito. Trauma de guerra.
Ora parece-me que a Manuela Ferreira Leite, anda a dizer entrelinhas que se ganhar vai privatizar, privatizar, privatizar e sabem o quê? Educação, saúde e segurança. Vamos entrar num regime de Neoliberalismo em que o privado vai dar cabo do “trabalhador”. O estado lava as mãos, descansa, reduz o peso na economia e faz férias no sul de Espanha. Será disto que precisamos?
Parece-me que se isto acontecer, entramos numa do salve-se quem puder, ou melhor quem for rico.
Vou pensar se valerá a pena analisar o que anda a fazer Sócrates.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds