Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Pesquisar

 


Lançamento do livro "Sentidos"

Terça-feira, 14.04.09

Poetas, Fotógrafos e Pintora vindos de vários pontos do país assinam “Sentidos”, uma obra com prefácios do poeta José Fanha e do professor Vítor Almeida.
O lançamento de “Sentidos” conta com a participação de quatro elementos pertencentes ao concelho e que fazem parte do grupo de autores da obra.
Os autores e a Vício das Letras, convidam todos os feirenses e amantes da poesia, fotografia e pintura a estarem presentes na próxima sexta-feira dia 17, pelas 21h, para assim assistirem e participarem num momento de partilha poética.
“Sentidos” é uma compilação com mais de 100 páginas de 44 poemas, 56 fotografias e quatro pinturas da autoria de 26 autores, vindos de vários pontos do país.
O prefácio da secção de poesia é assinado pelo poeta e escritor José Fanha, segundo o qual “Escrever é uma festa, uma aventura, um mergulho, um arrepio, uma viagem. Escrever é uma cana de pesca que lançamos … e que nos traz emoções, ilusões, utopias”. Sobre os poemas de “Sentidos”, Fanha diz que “acordam rumores, trazem chuva, falam de ausências e de dores”. “Escavam sentidos na pedra bruta, abrem caminhos diferentes, fazem com que a poesia nasça uma vez mais e se afirme em toda a sua luz”...
A secção de fotografia é apresentada através de um texto do professor de Cinema e Vídeo na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Vítor Almeida, que faz uma dissertação sobre a análise da fotografia, sem arriscar debruçar-se sobre cada uma das que constam no livro.
Não é a primeira vez que a cidade de Santa Maria da Feira assiste ao nascimento de uma colectânea independente por alguns destes autores. Em 2006, “Artífices das Palavras” foi um dos livros lançados com o apoio da Vício da Letras, uma livraria ao serviço da cultura. O livro – só de poesia – reunia contributos de 13 poetas. Um ano depois, “Simbiose” aumentava a fasquia. O número de participantes passou para 17 e a fotografia foi incluída na colectânea, estabelecendo-se uma ponte entre a palavra e a imagem. Essa relação foi eliminada em “Sentidos”, que apresenta independentemente poemas e fotografias, mas inclui, pela primeira vez, pintura e sobe para 26 o número de autores.
Autores dos poemas:
Daniel Camacho (Braga), Débora Regadas (S. João da Madeira), “J” (Lisboa), Linda Neto (Setúbal), Luís Sebastião (Santa Maria da Feira), Maria Vieira (Santa Maria da Feira), Marco Tavares (Vale de Cambra), Rosa Familiar (Santa Maria da Feira), Salomé Pinto (S. João da Madeira), Sérgio Santos (S. João da Madeira), Victor José (Vale de Cambra).
Autores das fotografias e pinturas:
Ângela Almeida (Santa Maria da Feira), Carlos Abreu (Aveiro), Daniel Bastos (S. João da Madeira), Ed Von Ems (Mealhada), Fernando Inácio (Mortágua), Filipe Santos (S. João da Madeira), Filomena Tavares (S. João da Madeira), Joaquim Fial (S. João da Madeira), Prata dos Reis (Celorico da Beira), Maria da Glória (Vale de Cambra), Patrice Almeida (S. João da Madeira), Pedro Bastos (Arouca), Rodrigo Silva (Vila Nova de Gaia), Rui Pires (Ílhavo), Vitor Garcia (Coimbra)
Patrocinadores:
AssimDesign, CaféZubel, Caixa Agrícola, Câmara de SJM, Associação Cultural "Teia dos Sentidos"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Feliz Páscoa 2009

Domingo, 12.04.09

 

O kaska&Deskaska deseja a todos os visitantes, amigos, familiares e transeuntes destas ruas virtuais uma Santa e Feliz Páscoa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 00:33

Com sabor de grande vitória o FCP reinou

Quarta-feira, 08.04.09

 

“Muita personalidade e qualidade colectiva caracterizaram a segunda passagem sem derrota do FC Porto por Manchester, desta vez marcando dois golos e emudecendo desde o início a confiança inglesa numa nova vitória na Liga dos Campeões.” In CM
Sem dúvida alguma, o FCP a defrontar os melhores e a mostrar que afinal ele é o melhor. Teria a vitória garantida se não errasse por distracção, mas é futebol, valeu pela qualidade do jogo. Bruno Alves traído pela confiança deu um golo a Rooney, mas nem assim o Porto esmoreceu.
“Desta vez Jesualdo não inventou esquemas confusos e apostou no onze que todos os portugueses sabem de cor. E foi extraordinária a entrada em jogo, perante um adversário algo descrente da própria segurança defensiva. Uma oportunidade de Lisandro, dois cantos, um golo, tudo em menos de cinco minutos. Marcou Rodríguez, aproveitando um erro duplo, do desinspirado Ronaldo e do nervoso Evans... Os ingleses consideravam ter feito valer a lei do mais forte, mas a conexão argentina voltou a funcionar, a dois minutos do fim: cruzamento de Lisandro e golo de Mariano, a entreabrir as portas das meias-finais. In CM
Todos os jornais têm capa azul, uma porta aberta para as meias-finais. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Guigui" voltou a atacar Manhouce!

Terça-feira, 07.04.09

"Guigui" voltou ao ataque...

 

Segundo algumas informações recolhidas através de troca de E_mails entre o Kaska&Deskaska e modestos colaboradores sempre interessados em assuntos como: Escola de Manhouce, descobrimos que o 25 de Abril está quase à porta.

"Guigui visitou a famosa escola, só não vinha com a batinha das auxiliares, mas mais parecia uma governante contratada pelo Sócrates. Não lhe valeu de nada...

Segundo informações obtidas, sobre a possibilidade desta senhora querer "meter" a Reinserção (adultos com problemas desconhecidos)na escola, pelo menos parece ser um projecto para dois anos. Não sei se vai conseguir. Numa reunião existente na passada segunda-feira, onde depois de chamada à atenção pelos representantes dos pais, "Guigui" se dignou a enfrentá-los mais uma vez, sem sucesso. Não houve diálogo possível, todos os pais são da mesma opinião. Não podemos ter adultos com problemas misturados com crianças de tenra idade. Manhouce é uma escola, não é um hospício.

Depois de mais uma vez vencida pela muralha de Manhouce, "Guigui" não teve outro remédio que voltar a vestir a bata.

Mas cuidado, pois a nova versão é que a Pré irá mudar para a E.B.1 e este edifício passará para a reinserção...será que não vai ser uma possível estratégia de encerramento futuro desta escola? Vira pré, deixa de ser polo da Carvalhosa e meninos digam adeus à vossa escolinha.

Afinal, pela informação recolhida, descobri que a Pré precisa de obras urgentes e por isso iam deslocar as crianças para a E.B.1. Pelos vistos para estes adultos, já não vão ser necessário obras. O "Darió" ficará feliz, pois não tem dinheiro nem para a tinta.

E vocês que pensam do assunto?

Não haverá local melhor para a reinserção social que uma escola?

Arrifana está assim tão mal de instalações?

Ou será uma vingança da "Guigui"?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Arrifana no JN

Domingo, 05.04.09

"Os moradores de Laceiras, em Arrifana, contestam o encerramento da passagem de nível mais próxima, na Linha do Vale do Vouga. E culpam a Junta de Freguesia de não defender os interesses da população local.

Surpreendidos com o início das obras junto à passagem de nível, os moradores rapidamente confirmaram que tal intervenção se destinava ao encerramento definitivo daquele acesso ao Lugar de Laceiras.

O fecho da travessia mereceu contestação imediata dos habitantes que foram lembrar à Assembleia de Freguesia que tal vai "complicar o acesso às habitações e terrenos agrícolas", obrigando a uma deslocação superior a um quilómetro para chegar ao antigo acesso a Norte.

Numa carta de contestação, entregue à mesa da Assembleia de Freguesia, dizem-se "desiludidos" por não terem sido atempadamente informados nem "ouvidos nem achados em todo o processo". "Mas estamos atentos e vigilantes e esperamos que tudo termine da melhor forma, pois não permitiremos que nos atirem areia para os olhos", escreveram na missiva, reivindicando uma alternativa de acesso condigna, meios dissuasores de acesso directo à linha férrea e uma linha de iluminação pública.

Na resposta a estas preocupações, o presidente da Junta de Freguesia, Dário Matos, lembrou que, em tempos, foram alguns dos moradores que quiseram encerrar aquela passagem, apesar de ali se terem registado apenas dois acidentes sem consequências graves nas últimas décadas. Referiu, ainda, que a Junta não tinha intervenção no processo, já definido num "entendimento com as Câmaras Municipais e a REFER", disse."In JN

Autoria e outros dados (tags, etc)

A posição do Bloco...

Quinta-feira, 02.04.09

E o povo, Sócrates?
 
O Bloco de Esquerda coloca várias reservas ao recentemente anunciado Plano de Apoio à Cortiça.
 
Analisando o plano apresentado, as medidas específicas para o sector corticeiro são apenas 2, sendo uma relativa à criação de uma linha de crédito para o sector corticeiro e outra para investimento em promoção do sector no estrangeiro.
 
O BE considera estas medidas escassas, sem a profundidade necessária para responder à crise social gerada, nem a capacidade de corrigir o afunilamento dos horizontes do sector da cortiça.
 
No contexto de uma crise económica e social grave, o BE não compreende como é possível o Governo PS anunciar estas medidas sem, sequer, exigir a manutenção de postos de trabalho nas empresas que recorrem ao Plano de Apoio à Cortiça.
 
O Bloco de Esquerda considera, assim, estas medidas desgarradas, mais parecendo operações de marketing do governo e de pré campanha eleitoral, financiadas com o dinheiro de todos os portugueses, do que verdadeiras saídas para a crise.
 
O BE questiona: 

  • Que empresários e empresas vão ser beneficiadas com este pacote? Serão   novamente “os de sempre”?
  • Como tenciona o governo regular iguais condições de acesso aos mercados externos a todos os empresários?
  • Quantos postos de trabalho vão ser criados?
  • Que garantias exige o Governo às empresas que recorram à linha de crédito?
  • Servirão estes milhões para novos despedimentos “encapuçados”?

 
Para o BE uma vez mais, o Governo de José Sócrates prefere arranjar soluções para quem tem dinheiro, mas esquece os restantes portugueses. Tal como na banca, em que José Sócrates correu a salvar as fortunas, também no sector corticeiro o mesmo acontece, com José Sócrates a ignorar por completo os desempregados e os trabalhadores.
 
Até hoje, José Sócrates nunca despendeu um segundo do seu tempo com os desempregados do Concelho de Santa Maria da Feira, nem uma simples frase de solidariedade proferiu. O BE gostava de ver este Governo a acudir os trabalhadores da mesma forma que acode os “barões” do sector da cortiça.
 
Quando o BE apresentou uma proposta na Assembleia da República para aumentar o tempo de subsídio de desemprego aos desempregados o PS votou contra. Mesmo assim continuamos a desafiar o Governo de Sócrates a combater a crise e a reconsiderar as propostas que o Bloco de Esquerda apresentou na Assembleia da República, e que o PS votou contra:
 
1.    Proibição de despedimentos colectivos em empresas que dão lucro
2.    Impedir pagamentos de dividendos aos accionistas de empresas que receberam      subsídios ou benefícios públicos
3.    Redução do Horário de trabalho para 35 horas semanais 
4.    Direito à reforma aos 40 de trabalho sem penalizações
5.    Aumento das pensões e salário mínimo (Para chegar aos 600 euros em dois anos)
6.    Subsidio para todos os desempregados (cerca de metade são hoje excluídos)
7.    Impostos sobre as grandes fortunas para financiar a segurança social
8.    Fim do segredo bancário
9.    Encerramento de todos os off-shores
10.  Nacionalização do sector energético
11.  Predomínio do sector público na banca
12.  Contratos efectivos para quem faz trabalho efectivo. Acabar com a precariedade e com os falsos recibos verdes


Contacto: Joaquim Dias/963533479
 
Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

Notícia de última horas - Mentirinha

Quinta-feira, 02.04.09

O kaska&deskaska teve conhecimento há poucos minutos que as comemorações das Invasões Francesas já não se vão realizar por falta de recusos humanos (participantes), ou seja a iniciativa de distribuir inscrições à porta da igreja não surtiu o efeito desejado. Ou então a população entendeu isto como uma forma de campanha eleitoral, nada mais que política para o acto eleitoral que se avizinha.

Ou será que a igreja está em baixo de forma e os patricantes católicos rezam em casa ou o "pobbo" está-se nas tintas para este evento.

Que explicação irá dar o nosso "Darió" a esta desintência em cima da hora?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kolaborador_4 às 00:02

As falhas dos nossos governantes

Quarta-feira, 01.04.09

 

No dia 17 de Abril do ano passado, ou seja quase há um ano atrás, foi anunciado neste blog a existência nesta agência da Caixa Geral de Depósitos, de uma caixa automática para deficientes. Verifiquei de facto esta mais valia para quem tem deficiências físicas e,  na verdade fiquei muito satisfeito, mas ao mesmo tempo indignado, porque reparei na falta de rampas de acesso aos serviços desta agência para aqueles que não podem transpor aqueles degraus. Passado um ano continuamos com o mesmo problema, a rampa ainda não foi construída, será que é preciso  ir ao programa "Nós por cá?"

Isto não é mais do que um contra-senso, para que serve a caixa no interior do edifício se os deficientes não podem entrar nele?

Será que mesmo nas barbas das mais altas entidades deste concelho, não há alguém com olhos para ver estas rudes irregularidades?

Só neste concelho de fachada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Notícia de última hora

Quarta-feira, 01.04.09

Notícia fresquinha...

 

O kaska&deskaska teve conhecimento há poucos minutos que as comemorações das Invasões Francesas já não se vão realizar por falta de recusos humanos (participantes), ou seja a iniciativa de distribuir inscrições à porta da igreja não surtiu o efeito desejado. Ou então a população entendeu isto como uma forma de campanha eleitoral, nada mais que política para o acto eleitoral que se avizinha.

Ou será que a igreja está em baixo de forma e os patricantes católicos rezam em casa ou o "pobbo" está-se nas tintas para este evento.

Que explicação irá dar o nosso "Darió" a esta desintência em cima da hora?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds



Pág. 2/2