Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Abril 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Pesquisar

 


Afinal a Matemática é fácil

Quinta-feira, 30.04.09

  

PARABÉNS para o André e para o Alcides, dois estudantes da E.B.2,3 de Lourosa. Ambos alunos do 8º ano, ganharam o 1º prémido da prova nacional do Projecto de Matemática Ensino (PMATE), ocorrida na passada  terça-feira na Universidade de Aveiro.

Já há dois anos ficaram em 2º lugar, mas desta vez prepararm-se para ganhar.

Afinal a Matemática até é fácil.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 22:47

Quinta do areeiro ao abandono

Quinta-feira, 30.04.09

A quinta do areeiro, situada na Freguesia de S. João de Ver está votada ao abandono pelos vários organismos autárquicos.
A Junta de Freguesia esqueceu esta zona da freguesia, aliás, esqueceu toda a Freguesia.
A única acção que o actual executivo faz, é ter um presidente que se passeia por toda a freguesia no carro da Junta. Esperava-se que andasse a fazer um levantamento dos problemas, mas ao fim de três anos de passear-se os resultados não se vêm.
A política não pode ser uma feira de vaidades. Para o BE o exibicionismo revela atraso e uma forma de esconder a falta de realização das promessas eleitorais.
A inexistência de passeios é a demonstração de falta de planeamento da autarquia.
O BE questiona, por onde podem andar os peões em segurança na quinta do areeiro?
O piso das estradas está degradado, revelando o desmazelo total a que este local está votado.
A sinalética de trânsito, tanto horizontal como vertical é inexistente. Pondo em causa a segurança de peões e automobilistas.
São já vários os edifícios abandonados e alvo de vandalismo. Esperava-se da Autarquia a vedação desses edifícios para dar a segurança adequada a moradores e particularmente às crianças.
O BE exige que a autarquia proceda à devida vedação deste local para evitar qualquer tipo de acidentes.
Os silvados são a imagem de marca deste local, o BE espera que a autarquia obrigue os proprietários a limpar os seus terrenos, ou que a autarquia assuma a responsabilidade da limpeza enviando a conta para os proprietários.
As falta de recipientes para os moradores colocarem os lixos é lastimável, nem papeleiras existem. Será que os moradores da quinta do Areeiro não são feirenses? Pagam os seus impostos como os outros.
A quinta do Areeiro não está dotada de zonas de lazer e de prática de desporto. Esta urbanização é o exemplo da falta de planeamento urbanístico, o desordenamento urbanístico continua a ser umas das marcas da gestão laranja da Câmara. 
Decididamente a terra dos sonhos onde vive o Presidente da câmara Alfredo Henriques, não fica no Concelho de Santa Maria da Feira!
Contactos: Joaquim Dias
 
Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 13:06

S. João da Madeira: Mulher sequestrada e drogada

Terça-feira, 28.04.09

 

 

 

"Uma empregada de limpeza de S. João da Madeira foi sequestrada ontem de manhã, naquela cidade, e abandonada ao início da tarde na “Estrada da Mata”, em Ovar" In Diário de Aveiro

 

Estamos a perder a segurança bem pertinho de nós. Já não podemos dizer que a insegurança surge apenas nas grandes cidades, estamos rodeados de ladrões bem ao nosso lado. A crise que se vive está a aumentar os assaltos, o desespero das famílias está a aumentar, é preciso começar a ter mais cuidado. Feche bem as portas, não atenda ninguém se não conhece e mantenha-se atento ao seu redor, verifique se andam caras estranhas perto de sua casa. Está na hora de começarmos a desconfiar do ar que respiramos.

 

NOTÍCIA AQUI

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 21:07

Foi assim há 3 anos...

Sábado, 25.04.09

Faz hoje três anos, que a população de Arrifana, especificamente a do lugar de Manhouce, juntou-se à Associação de Pais da sua escola e à Associação da E.B.1 da Mata, esta com menos sorte, no término de uma luta que culminou numa manifestação às portas da Câmara Municipal da cidade de Santa Maria da Feira (sede de Concelho).

Manhouce, reivindicava um direito adquirido, queria manter a sua escola a funcionar, uma vez que os critérios para o encerramento das escolas do 1º ciclo não se coadunavam minimamente com esta. Uma escola com mais de 20 alunos, óptimas instalações, uma Associação de Pais empenhada no crescimento social e pedagógico daquelas crianças. Não havia justificação coerente, para a deslocação de 38 crianças para as E.B.1s vizinhas que apresentavam piores condições para poderem ser escolas de acolhimento.
Não vamos ter uma manifestação neste 25 de Abril de 2009, mas vamos ter a lembrança, e sobretudo a esperança de não ser necessário trazer à memória este dia, de bandeira em punho. Nós temos o direito de discordar, opinar, sugestionar e até mesmo de dizer basta!
Parabéns ao povo corajoso de Manhouce, que soube e continua a saber fazer valer os seus direitos, e mostrou que apesar de ser da “parte baixa da billa”, ele existe.
NÃO ESQUECER QUE A ESCOLA CONTINUA A FUNCIONAR E CONTINUA A SER A NOSSA ESCOLA, A ESCOLA DO POVO DE MANHOUCE

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

25 de Abril de 1974

Sexta-feira, 24.04.09

Se está com vontade de festejar a LIBERDADE tem várias opções no concelho. Segundo o Terras da Feira pode deliciar-se com a LIBERDADE EM 2009.

 

 

"Entre comemorações oficiais, populares, associativas e partidárias, são várias os manifestações programadas para estes dias para assinalar, no concelho de Santa Maria da Feira, o “25 de Abril de 1974”.
As comemorações oficiais terão início pelas 11h00 de sábado, na Praça da República, com a cerimónia do hastear das bandeiras. Segue-se a Sessão Solene evocativa, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com intervenções dos representantes dos cinco partidos com assento na Assembleia Municipal e do presidente da Assembleia, José Cardoso da Costa. As intervenções dos partidos estarão a cargo de Pedro Pinho (PSD), Vítor Fontes (PS), António Júlio Moreira (CDS), Antero Resende (CDU) e José António Santos (BE).
O programa encerra com a habitual homenagem que a Câmara Municipal presta aos funcionários da autarquia que perfazem 25 anos de serviço, e que, desta feita, serão cinco.

As comemorações populares estarão a cargo de uma comissão organizadora, constituída pelo Sindicato dos Operários Corticeiros do Norte com o apoio dos sindicatos do calçado, metalúrgicos, papeleiros e rodoviários. Começam esta sexta-feira, pelas 21h00, com um espectáculo no Salão do Sindicato dos Corticeiros, no qual participam o Grupo do Rancho dos Corticeiros de Lourosa e “Os Talegres”, seguindo-se um convívio pelas 00h30.
No sábado, as comemorações populares assentam arraiais em S. Paio de Oleiros, com organização das chamadas “forças vivas. Para as 10h00, realiza-se uma “Caminhada pela Liberdade”, seguindo-se às 11h30, uma homenagem aos que lutaram pela Liberdade. À tarde, no Parque de Nossa Senhora da Saúde, actuam o Rancho CDC S. Paio de Oleiros e “Os Talegres”. Ao serão, a animação estará a cargo do grupo “Os Flechas” e do Grupo de Cavaquinhos de Lourosa.
No campo partidário, o PS/Feira mantém a tradição de comemorar a Revolução de Abril de 1974. Este ano o jantar evocativo da efeméride vai ter lugar, no sábado, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Canedo, em que participarão, entre outros, Carlos Laje, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, e do presidente da Concelhia e cabeça-de-lista do partido à Câmara Municipal, Alcides Branco. A estrutura concelhia do partido diz que o jantar-convívio terá um preço simbólico e anuncia a presença de ranchos etnográficos do Concelho.

O Grupo Musical Estrela de Argoncilhe comemora o 25 de Abril com o “pedy-paper” “Conhecer Argoncilhe”, subordinado ao tema “Caminhos da água”. No próprio dia 25, a partida é às 9h30 horas, na sede da colectividade. A inscrição – às 9h00 – deve ser feita por equipa de exploração composta quatro elementos ou caso seja individual integrado em equipa formada arbitrariamente no local. "
In Terras da Feira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 20:03

A Saúde...

Quarta-feira, 22.04.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma data a não esquecer

Segunda-feira, 20.04.09

 O dia de hoje, 20 de Abril, ficará na memória dos Arrifanenses, infelizmente não pelos melhores motivos, mas pela luta que vem a ser travada desde o dia 19 de Janeiro de 2006. A Associação de Pais após ter esgotado todas as formas de luta “pacíficas”, não viu outra alternativa que não fosse a de fechar a escola a cadeado. Estavam presentes apoiando a escola, os pais e alunos assim como a população local e não só. Todos solidários manifestaram-se pacificamente envergando bandeiras negras e cartazes. Apesar de informadas, as autarquias não se fizeram representar em momento algum, o que vem demonstrar mais uma vez a “indiferença” com que lidam com esta questão. No entanto, o agrupamento vertical de escolas de Arrifana e Escapães, representado pela Dra. Guiomar, presidente do Conselho Executivo, presente no local, não conseguiu mais do que encaminhar algumas das crianças para a E.B.1 da Carvalhosa e outras para a E.B.2,3. Quero referir ainda que infelizmente a Dra. Guiomar confundiu os poderes que tem, “autonomia na gestão escolar”, tentando com que os agentes da GNR presentes no local procedessem à remoção do cadeado; intento este que foi gorado. É de salientar que esteve presente a comunicação social, nomeadamente rádios locais, jornais e televisões, onde foram realizadas entrevistas e alguns directos. Firme nos seus intentos, a Associação de Pais com o apoio da população manteve a escola fechada. Agora passados estes anos, alegra-nos saber que a escola ainda funciona, pena quererem fazer dela um local pouco credível...crianças e adultos juntos parece-me coisa de terceiro mundo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Evocação - 200 anos do massacre em Arrifana

Quarta-feira, 15.04.09

 

A evocação dos 200 anos do massacre em Arrifana já teve início no passado dia 14 (ontem) iniciando-se pelas 8h da manhã com o repique dos sinhos e salvas e o içar das bandeiras, mais tarde pelas 10h e 15m abriram as exposições. Pode visualizá-las na Junta de Freguesia antiga, na actual e na E.B.2,3.

Hoje dia 15 continuaram as comemorações, quem já assistiu, gostou.

Para consultar o programa clique em http://invasoesfrancesas-arrifana.blogspot.com/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bloquistas contra apoio a Barroso

Quarta-feira, 15.04.09

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 17:18

Empresa municipal a transgredir

Quarta-feira, 15.04.09

"Ministério do Ambiente reconhece atentado ambiental em Santa Maria da Feira, praticado pela empresa municipal
 
O ministério do ambiente veio dar razão à denúncia pública efectuada pelo bloco de esquerda a propósito da descarga ilegal de poluentes para o rio Cáster provenientes do pavilhão gimnodesportivo da Lavandeira. Com esta decisão o Ministério vem também dar resposta àqueles que optam por distrair os feirenses com cerimoniais redondos ao invés de se preocuparem com os graves problemas ambientais do concelho.
Na sequência das questões colocadas pela deputada do BE Alda Macedo ao Ministro do Ambiente, o ministério fez deslocar ao local uma equipa do SEPNA da GNR, onde foram constatadas as descargas de águas residuais e esgotos na linha de água, sem a respectiva licença, sendo levantado um auto de noticia à empresa municipal feira viva, remetido à ARH do Norte, I.P. para instrução do competente processo de contra-ordenação.  Bloco de Esquerda recorda que o pavilhão gimnodesportivo da Lavandeira, assim como outros equipamentos de utilização colectiva do município, são geridos pela empresa municipal “Feira Viva”.
Por aqui se vê o exemplo confrangedor e totalmente irresponsável em matéria de política ambiental, que é seguido pela sua administração, diminuindo a qualidade de vida dos feirenses e que poderá custar muito caro ao município em coimas.
Numa sociedade onde a consciência ambiental e a defesa da qualidade de vida estão no centro das necessidades de todos, é inaceitável que uma empresa municipal se apresente com este tipo de práticas.
O Bloco de Esquerda pergunta ao executivo municipal com que legitimidade exige aos feirenses o pagamento de uma taxa de não ligação à rede de saneamento, quando nem sequer os edifícios públicos seguem esta prática.
Depois da instrução deste processo de contra-ordenação, o Bloco de Esquerda questiona se a administração da empresa Municipal “Feira Viva” tem a competência necessária para retirar ilações das suas más práticas, com prejuízos consequentes para todos os munícipes. 
O Bloco de Esquerdo, como tem denunciado publicamente, considera que as práticas da Feira Viva têm acumulado várias irregularidades, sendo este o mais recente acontecimento.
Será que Alfredo Henriques e Amadeu Albergaria, membros da administração da Feira Viva, saberão tirar as consequências políticas destas práticas da Feira Viva e terão a coragem para proceder à exoneração do seu administrador executivo?
Depois disto, O Bloco de Esquerda desafia a administração da empresa municipal “Feira Viva” a evidenciar que tem a dignidade moral suficiente, para apresentar a sua demissão.
Ministério do Ambiente reconhece atentado ambiental em Santa Maria da Feira, praticado pela empresa municipal
  
Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro"

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 17:13


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds



Pág. 1/2