Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Junho 2008

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930


Pesquisar

 


Parabéns Arrifana...

Segunda-feira, 30.06.08

"Três agrupamentos de escolas do concelho foram recentemente alvos de uma avaliação externa por parte da Inspecção-Geral da Educação. Todos eles foram aprovados com “nota positiva” pelo órgão que regula e avalia as condições da escola, destacando-se o Agrupamento de Arrifana e Escapães, que compreende seis jardins de infância e sete escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico, distribuídos pelas duas freguesias, e a Escola EB2,3 de Arrifana sede do Agrupamento." In Terras da Feira

 

Lamenta-se que este tipo de avaliação, não venha analisar a funcionalidade das Associações de Pais e Encarregados de Educação, porque se assim fosse, Arrifana teria nota negativa.

Todos nós sabemos, que este tipo de avaliações nem sempre é transparente, podendo ser manipulada pelos próprios intervenientes.
No que diz respeito à interacção entre escola comunidade educativa, há sempre muito a dizer...

Cada um que páre e analise, Arrifana é uma grande Escola e ao mesmo tempo uma grande aprendizagem em Escola...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Espanha campeã europeia

Segunda-feira, 30.06.08

 

Espanha consagrou-se campeã europeia ao vencer a Alemanha por uma bola a zero, golo de Torres que deu aos nossos vizinhos o título merecido.
Uma vitória justa, Espanha foi uma equipa estável, não sofreu qualquer derrota ao longo do torneio.
Muitos parabéns para Espanha pelo titulo de campeã europeia de futebol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desisto de ser professor!

Terça-feira, 24.06.08

 
Aos meus alunos, aos Pais dos meus alunos, aos professores e a todos os meus concidadãos.
 
Tenho cinquenta e tal anos de idade, trinta e muitos dos quais como docente no ensino secundário e no ensino superior. Fiz a Licenciatura com 16 valores, o Estágio Pedagógico com 18 e um mestrado em Ciências da Educação com Muito Bom. Dediquei a minha vida à Escola Pública. Fui Presidente do Conselho Executivo (dois mandatos), orientador de estágio pedagógico (3 anos), delegado de grupo / coordenador de departamento (dois mandatos), Presidente do Conselho Pedagógico (um mandato) e director de turma durante vários anos.
 
Nos últimos tempos leccionei no ensino superior, com ligação permanente à formação de professores. Desempenhei vários cargos pedagógicos, participei em múltiplos projectos e desenvolvi dois trabalhos de elevado valor científico. Entretanto, regressei ao ensino secundário e à minha escola de origem. Alguns dos antigos colegas, embora mais novos do que eu e com menos tempo de serviço (compraram o tempo, explicaram-me depois) já se tinham reformado. Eu também já tinha idade, mas faltavam-me alguns meses para o tempo necessário quando mudaram as regras do jogo. E como se não bastasse a alteração dessas regras, é aprovado, entretanto, um novo estatuto para a carreira docente. E logo de seguida é aberto o concurso para professores titulares. Um concurso para uma nova categoria onde eu não tinha lugar! Não reunia condições. Mesmo com um Mestrado em Ciências da Educação e sem ter dado uma única falta nos últimos sete anos, o meu curriculum valia, apenas, 93 pontos! Faltavam 2 pontos para o mínimo exigido a quem estivesse no 10º escalão.
 
Com as novas regras, o meu departamento passou a ser coordenado, a partir do presente ano lectivo, por um professor titular. Um professor que está posicionado no 8º escalão. Tem menos 15 anos de serviço do que eu. Foi meu aluno no ensino secundário e, mais tarde, meu estagiário. Fez um bacharelato com média de 10 valores e no estágio pedagógico obteve a classificação de 11 valores. Recentemente concluiu a licenciatura num estabelecimento de ensino privado, desconhecendo a classificação obtida. É um professor que nunca exerceu qualquer cargo pedagógico, à excepção de director de turma. Nos últimos sete anos deu 84 faltas, algumas das quais para fazer 15 dias de férias na República Dominicana (o atestado médico que utilizou está arquivado na secretaria da escola, enquanto os bilhetes do avião e a factura do hotel constam de um outro processo localizável). O seu curriculum vale 84 pontos, menos 9 pontos do que o meu. Contudo, este docente foi nomeado professor titular.
 
De acordo com o Senhor Primeiro Ministro e demais membros do seu Governo, com o apoio do Senhor Presidente da República e, agora, com o apoio dos dirigentes sindicais, este professor está em melhores condições do que eu para integrar um corpo de docentes altamente qualificado, com mais experiência, mais formação e mais autoridade, que assegure em permanência as funções de organização das escolas para a promoção do sucesso educativo, a prevenção do abandono escolar e a melhoria da qualidade das aprendizagens.
 
A conclusão, embora absurda, é clara: se eu estivesse apenas no 9º escalão, e com os mesmos pontos, seria considerado um docente altamente qualificado, com mais experiência, mais formação e mais autoridade. Como estou no 10º escalão, e não atingindo os 95 pontos, eu já não sou nada.
 
Isto é o resultado de uma selecção feita com base na (...) aplicação de uma grelha de critérios objectivos, observáveis e quantificáveis, com ponderações que permitam distinguir as experiências profissionais mais relevantes (onde se procurou) reduzir ao mínimo as margens de subjectividade e de discricionariedade na apreciação do currículo dos candidatos, reafirmando-se o objectivo de valorizar e dar prioridade na classificação aos professores que têm dado provas de maior disponibilidade para assumir funções de responsabilidade. É assim que 'reza' o DL 200/2007, de 22 de Maio. Admirável!
 
Agora consta-se por aí (e por aqui) que aquele professor (coordenador do meu departamento) me irá avaliar...
Não, isso não será verdade. Esse professor irá, provavelmente, fazer de conta que avalia, porque só pode avaliar quem sabe, quem for mais competente do que aquele que se pretende avaliar. O título de 'titular' não é, só por si, suficiente. Mesmo que isto seja só para fazer de conta...
 
Conhecidos que são os meus interesses, passo ao principal objectivo desta carta, que é, simplesmente, pedir perdão!
Pedir perdão, em primeiro lugar, aos meus alunos. Pedir perdão a todos os Pais dos meus alunos. Pedir perdão porque estou de professor, mas sem me sentir professor. Tal como milhares de colegas, humilhados e desencorajados, sinto-me transformado num funcionário inútil, à espera da aposentação.
Ninguém consegue ser bom professor sem um mínimo de dignidade. Ninguém consegue ser bom professor sem um mínimo de paixão.
 
As minhas aulas eram, outrora, coloridas, vivas e muito participadas. Com acetatos, diaporamas, vídeos, power point, etc. Hoje é, apenas, o giz e o quadro. Só a preto e branco, com alguns cinzentos à mistura. Sinto-me desmotivado, incapaz de me empenhar e de estimular. Receio vir a odiar a sala de aulas e a própria escola. Receio começar a faltar para imitar o professor titular e coordenador do meu departamento (só não irei passar férias para a República Dominicana porque tenho outras prioridades...). Receio que os professores deste País comecem a fingir que ensinam e a fingir que avaliam. Sim, porque neste país já tudo me parece a fingir.
 
Cumprimentos. (Um professor anónimo e humilhado, tal como milhares de outros professores)...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 10:35

A Tasca vai mesmo encerrar

Sábado, 21.06.08

 

 

 

Era Sábado 22 de Dezembro de 2007, quando este "blog" dizia assim, "ASAE FAZ ESTRAGOS", o blog referia-se à "Tasca" que se encontra no largo da “feira dos quatro" a laborar clandestinamente como restaurante, apoiada nas estruturas da Junta de Freguesia e em benefício do Clube Desportivo Arrifanense.
Mas como devem ter reparado a "Tasca" continuou a laborar à margem da lei, até que finalmente, segundo boato a circular cá no Burgo, ainda que careça de informação vinculativa. Desta feita a ASAE ordenou que a mesma (a Tasca) seja encerrada já amanhã dia 22 de Junho de 2008.
Não seria de estranhar que isto viesse a acontecer, depois dos critérios adoptados pela Fiscalização Alimentar, sobre a Indústria da Alimentação, não seria de esperar outra coisa senão o encerramento desta "Tasca", que segundo informações de vários utentes da mesma, as condições de segurança e higiene alimentar estão muito aquém dos requisitos a que a lei obriga.
Ainda bem que hoje em dia há quem ponha cobro a tantas irregularidades neste País. Assim faz-se justiça mais uma vez em Arrifana.  

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anda tudo a dormir...!

Sábado, 21.06.08

 

Na Av. 5 de Outubro no Cavaco em St. Maria da Feira, podemos encontrar este amontoado de pneus velhos na berma da via pública. Há anos que é assim, não sei bem porquê mas o que é certo, é que todos os que por ali passam parecem nem dar conta. Se pagamos o eco valor na altura em que adquirimos uns pneus novos, valor este destinado a cobrir os custos necessários para a recolha selectiva, transporte e tratamento dos resíduos (pneus velhos), porque carga de água é permitido a esta estação de serviço acumular na berma da estrada e da forma que a imagem documenta sem que ninguém com responsabilidades na matéria intervenha?...!
 
"A VALORPNEU - Sistema de Gestão de Pneus Usados (SGPU) tem por objectivo a organização e a gestão do sistema de recolha e destino final de pneus usados, no quadro do sistema integrado previsto no Decreto-Lei nº 111/2001, de 6 de Abril, o qual estabelece os princípios e as normas aplicáveis à gestão de pneus e pneus usados.
Até 2007, a VALORPNEU deverá dar cumprimento às metas definidas, por forma a que se proceda à recolha de pelo menos 95% dos pneus usados gerados anualmente, à recauchutagem de pelo menos 30% e valorização da totalidade dos pneus recolhidos e não recauchutados, dos quais a reciclagem deverá representar, pelo menos, 65%."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Chegou o Verão

Sábado, 21.06.08

 

O kaska&deskaska, deseja a todos os leitores, kolaboradores e amigos um magnífico Verão, cheio de sol, muitas patuscadas e muitos mergulhos no mar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 02:16

Adeus Euro, adeus Scolari

Quinta-feira, 19.06.08

 

Helder Postiga ainda deu  esperança ao marcar o segundo golo de Portugal, mas um pouco tarde demais.
Notou-se quase todo o jogo a falta de equilíbrio, remates por cima da baliza, cantos desiquilibrados, uma falta de atenção enorme dos jogadores portugueses ao não aproveitarem as oportunidades.
Não podemos deixar de salientar o segundo golo, em que o jogador alemão empurra Paulo Ferreira e este deixa entrar na baliza de Ricardo. O árbitro por sua vez não aluna o golo que é protestado por scolari com razão.
Foi de facto difícil de ultrapassar a defesa alemã durante toda a segunda parte, faltou discernimento e muito saber para conseguir fazer frente a uma equipa forte e que não saiu da sua defesa, tendo por sinal um contra-ataque fenomenal.
Parabéns a Postiga pela capacidade de atenção e concentração que lhe deu o segundo golo, melhorando o resultado para Portugal iniciado, na primeira parte, por Nuno Gomes.
Nada mais a fazer, Portugal sai deste europeu com duas derrotas e sem motivos para festejar.
 
E tal como salientam os comentários no fórum do Euro: "PRONTO LÁ PODEMOS VOLTAR A COLOCAR OS PÉS NA TERRA E PENSAR NOS NOSSOS PROBLEMAS COMO DESEMPREGO, CUSTO DE VIDA, FALTA DE HOSPITAIS, IMPOSTOS.....O MESMO FADO.”Pedro Silva

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Primeira derrota

Domingo, 15.06.08

 

“Scolari fez 8 alterações no "onze" inicial e o resultado, a derrota a dois golos, mostrou que os suplentes estão bem no "banco".”Poucas foram as excepções, num jogo com pouca criatividade e uma segunda parte para esquecer.” (aqui)
Foi um jogo fraquinho, em que devemos salientar o árbitro que passou o jogo a apitar, mais parecia “o jogo do apito”. Parabéns a Ricardo pela sua excelente prestação, lamentamos os frangos que eram desnecessários. E o penalty nem comento….
Scolari, assume o seu erro, escolheu mal a equipaL foi um jogo de faltas e cartões…
Parabéns à Suiça, pela inteligência de aproveitar a oportunidade de sair deste Europeu com uma vitória. E parabéns a Yakin por ter sido o homem do jogo ao marcar dois golos a Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Venham os próximos!!

Sexta-feira, 13.06.08

 

O Governo cedeu aos camionistas e ao ‘sector dos transportes’. Também está lá para isso, mas convém que os cidadãos (eu, o leitor) façam contas e se detenham na análise do tratado de acordo.

 

Em primeiro lugar, o Governo negociou em nome das concessionárias de auto-estradas, o que significa que vamos pagar-lhes. Nós. Depois, o Governo indicou um benefício fiscal de 20 por cento para as despesas de combustível. Significa que vamos pagar. Nós. O que é estranho, porque o preço dos transportes estarão indexados aos combustíveis. Finalmente, coroa de glória, os clientes dos transportes vão passar a ter de pagar num máximo de 30 dias – coisa que o Governo e o Estado não fazem. Vamos pagar. Nós. Assim, também eu negociava e não me importava de ceder – com o dinheiro dos outros. Nosso.
(Francisco José Viegas)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Considera o Festival das Colectividades um evento importante para o desenvolvimento de Arrifana?

Quarta-feira, 11.06.08
Sim 60 82%
Não 13 18%
    73

 

Terminou na terça-feira, dia 10, a sétima edição do Festival das Colectividades de Arrifana, que teve a participação de 17 colectividades que estiveram representadas nas habituais “tasquinhas” e que permaneceram activas durante os quatro dias do evento.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por K.D.(BlogBoss) às 21:27


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds



Pág. 1/2