Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Pesquisar

 


"Milu" queria coisa...mas...

Sábado, 15.03.08

Pois é para os mais distraído da “bilha” eu digo, a sério que digo o que se passou ontem na cidade. É mesmo verdade que ela a, “Milu” veio e foi logo, logo com o rabito entre as pernas.
Tanto segredo em volta da sua visita à Biblioteca, andava tudo a tremer com medo das manifestações, mas o “pobo” da “bilha” é pacífico e sobretudo civilizado.
Vinha ela toda aprumada com seu penteado ridículo, pensando que ia visitar o “Liceu” e só depois, fazer a visita oficial à Biblioteca mas teve de fugir que nem rato, quando viu semelhante aparato. Pois é, ela queria ter parado junto dos alunos, talvez para lhes dizer: “-Meus meninos, estudem, estudem, olhem que ainda vai sair o diploma para vocês avaliarem os vossos professores, mas para isso têm de saber ler até ao 9º ano…”
Eu até conto, porque vale a pena. Estava ela prontinha para parar o carro que nós pagamos, mas quando viu que estavam alunos e professores vestidos de preto e ainda por cima os seus queridos alunos com uma enorme faxa a dizer “Nós estamos com os professores”, deu meia voltinha e lá foi ela para o sítio onde não havia manifestações, o esconderijo que a “Cambra” arranjou, não vá o PS deixar de dar o “dinheirinho” que o PSD tanto pede para o próximo Imaginarius…Pior que isso é começar a ver que até os pais começam a mostrar de que lado estão.
Pobre ministra, que ainda não viu que está na sua horinha. Os sindicatos mostraram bem a sua indignação aos contornos que ela tem tentado fazer, responsabilizando os agrupamentos e fugindo às suas responsabilidades para que seja vista pela sociedade como boazinha, que até dá autonomia às escolas. Pois dá sim, autonomia para colocar professores contra executivos, escolas umas contra as outras e alunos e pais revoltados pela instabilidade existente no momento, que em nada favorece o sucesso dos alunos portugueses. Parece-me que a manifestação realizada no passado sábado, foi invisível, ninguém conseguiu ver cerda de 100 mil professores, unidos e descontentes pelo mesmo.
Portugal está em queda, retirar direitos adquiridos, não é uma forma justa de democracia. Tudo isto dá-nos a entender que caminhamos para um abismo, em que somente a miséria, a pobreza e o retrocesso estão em jogo. Numa sociedade em que as novas tecnologias estão a avançar a um ritmo avassalador, paralelamente vivemos o retrocesso e insistência em mentalidades retrógradas.
Srª Ministra, demita-se e deixe Portugal caminhar em linha recta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por kerokrer às 09:37

Acabou-se!

Segunda-feira, 10.03.08

Maria de Lurdes Rodrigues não tem condições para continuar a gerir o sistema de educação em Portugal. Porque já não é eficaz nessa função. Porque é um facto insofismável que o pessoal que ela administra não aceita a sua administração. Isso esvazia de conteúdo as suas funções. Já não está em causa a eficácia da sua política. A questão é que ela não vai conseguir implementar as boas ideias que tem, nem impor as más. O argumento de a manter no cargo para não "desautorizar" o Primeiro-ministro é falso e perigoso. Mantendo-a nas funções que desempenha a desautorização do governo de Sócrates é constante. Chegou a altura de ver que isso é mau para os alunos. Só podem ser eles quem está em causa. Não pode haver razões de defesa de imagem política que justifiquem esta intransigência porque a manutenção de um percurso de imposição administrativa começa a ser um risco de segurança nacional. É péssimo para o quotidiano escolar ter um sistema totalmente desautorizado com professores a desafiarem o governo e o governo a desautorizar-se em frémitos de afirmação de voluntarismo vazio. Da necessidade de reformas sabe-se com fundamento científico desde o trabalho de Ana Benavente que denunciou que um quarto dos portugueses mal sabia ler e que só dez por cento da população é que entendia completamente aquilo que está escrito. Mas esse estudo tem década e meia e nada de substancial foi feito no entretanto. Por isso, o que está em questão não é a avaliação de professores. Apreciações de desempenho são meros pormenores de gestão de pessoal. O que é preciso, como consta de uma lúcida reflexão dos docentes da Escola Rainha D. Amélia, é fazer a escola cumprir com as suas funções na socialização de crianças e jovens. É promover a criação de hábitos de disciplina interiorizados que se multipliquem depois na vida adulta. Entre Cavaco Silva, o governante confrontado com o estudo de Ana Benavente, e José Sócrates, este processo de calamitosa estupidificação do país não foi interrompido por um projecto lúcido. O governo actuou agora como se o problema estivesse nos docentes e não no sistema de docência e nos curricula. Actuou como se o problema único de Portugal fosse o do excesso de privilégios e não o do defeito de cultura.

E assim as frágeis construções da demagogia política trouxeram, mesmo com a intimidação de PSPs à paisana e processos disciplinares da DREN, uma centena de milhar para as ruas de Lisboa. E o Primeiro-ministro mostrou a sua fibra assistindo em silêncio ao martírio de Maria de Lurdes Rodrigues que se desdobrou nas TVs a tentar demonstrar o indemonstrável axioma socrático que a sua política é infalível e o défice de compreensão é do país. A resposta de Sócrates foi a de marcar uma manifestação de desagravo para o Porto. Primeiro era para ser na rua, depois numa praça, depois num pavilhão e vai sempre soar a falso no clamor sem fim das turbas dos indignados. Foi um contra-ataque ridículo no meio de muito comportamento bizarro. O Professor Augusto Santos Silva protagonizou o momento de infelicidade quando em Chaves quis assinalar os três anos de governação numa espécie de estágio para o anunciado comício do desagravo. Foi vaiado. Ripostou tentando conjurar os seus Manes. Invocou os nomes dos pais fundadores, dos velhos companheiros que diz serem os seus da luta que diz ser a sua. Salgado Zenha, Mário Soares e Manuel Alegre. E nenhum lhe respondeu. Tentou depois o exorcismo, amaldiçoando os seus demónios pessoais, os grandes e os mais pequenos. Álvaro Cunhal e Mário Nogueira. E nenhum lhe respondeu. Ouviu vaias cada vez mais altas e a voz embargou-se e disse: "eu não me calo...eles calam-se primeiro que eu." Depois repetiu, baixinho como que a querer convencer-se "...eles calam-se primeiro que eu". E não se calaram. Ao ouvir na Antena 1 este terrível registo de desgovernação só me ocorreram as sábias palavras de Juan Carlos para o tiranete venezuelano: "por que no te callas".

Uma rectificação há duas semanas partilhei com quem me lê as minhas opiniões sobre os méritos de um pedido de desculpas pelos excessos coloniais. Quis um lapso infeliz que a minha crónica saísse com um título em que se dizia que os excessos da descolonização exigiam desculpas. Obviamente, como se depreendia de todo o meu texto, quis dizer e disse, que os excessos da colonização é que mereciam retrato. Novamente na minha opinião a descolonização em si foi dos actos mais redentores na história de Portugal. Não há que pedir desculpas por isso. Há que aplaudir. Agradeço ao General Pezarat Correia o ter-me chamado a atenção para este erro que agora corrijo.

(Mário Crespo escreve no JN)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por xangai moods às 15:38

Anedota do dia!

Domingo, 09.03.08
Quase no fim de uma entrevista colectiva, um reporter faz a seguinte pergunta aos três politicos presentes:
- Senhores, se vocês fossem solteiros, com quem os senhores gostariam de casar?
 O primeiro a responder foi Santana Lopes:
- Eu casaria com a Diana Chaves, a mulher mais bonita de Portugal!!!
  Então, um bêbedo, lá no fundo, batendo palmas, grita:
- Isso mesmo, muito bem, casou pela beleza, vale, muito bem!!!
 Logo após, Cavaco Silva deu a sua resposta:
- Eu casar-me-ia com a minha actual esposa, pois eu amo-a e ela ama-me!
 O bêbedo, mais uma vez:
- Muito bem, tá certo, casou por amor, boa!!! Muito bem!!!
 E então, o PM José Sócrates, demagogo como sempre, deu a sua resposta:
- Eu casaria com Portugal, o meu coração pertence ao país !!!
 O bêbedo, mais eufórico que nunca, gritou lá de trás:
 - Sim senhor, muito bem, isso é que é um homem honrado: fodeu, agora tem que casar!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por kolaborador_4 às 11:24

2º ANIVERSÁRIO DO KASKA E DESKASKA

Domingo, 09.03.08

“Há dois ano atrás por “sendas pouco esclarecedoras”, um grupo de trabalho resolveu iniciar este blog, com o intuito de “ajudar, colaborar e ao mesmo tempo denunciar” as situações menos positivas da nossa “billa” e arredores.”
Iniciou-se com esta frase os votos de Feliz Aniversário do Kaska&deskaska no ano passado e é com ela que hoje inicio este post, dando assim continuidade aos motivos pelos quais este blog se iniciou. Tendo sido um projecto pensado, foi sem dúvida acelerada a sua construção, aquando da polémica em torno do fecho da nossa escola. Felizmente, ainda hoje podemos dizer com orgulho que contribuímos para a continuidade da E.B.1 de Manhouce. Muito nos orgulhamos de todos os que nos ajudaram a pôr no ar parte da informação, sendo que com isso percebemos que ainda existem Arrifanenses capazes de perceber, que este blog existe para bem de toda a comunidade.
“Julgávamos nós que iríamos ficar por simples palavras meramente informativas para os Arrifanenses, mas felizmente não, o blog cresceu, deu frutos e outros caminharam até nós. Hoje podemos sentir o orgulho de termos "kolaboradores", que directa ou indirectamente colaboram com o blog. Este é o maior sinal de progresso.” Outra fase de que nos orgulhamos, não seja este o 2º aniversário do Kaska com sucesso.
Estamos de facto felizes por festejarmos juntamente com os nossos amigos e leitores o 2º aniversário do kaska&deskaska.  É um prazer contarmos convosco e sabermos por “linhas travessas” que se riem, que se divertem, que discutem, que fazem deste blog “notícia” e que é para vocês um instrumento informativo do que se passa na vossa terra. As visitas assíduas que temos, dão-nos provas de que existem leitores fiéis aos nossos posts. Um bem-haja a todos os que com um clic dão vida ao kaska&deskaska.
Continuamos aqui empenhados em levar para a frente este projecto por mais um ano, e que desta vez seja um ano bastante partilhado entre quem escreve e quem lê.
“À escola E.B.1 de Manhouce, deixamos um “abraço virtual”, pois foi ela a impulsionadora de tudo isto”.
Continuação de bom Domingo para todos e FELIZ ANIVERSÁRIO PARA O KASKA&DESKASKA

Autoria e outros dados (tags, etc)

Amanhã Lisboa vai ser palco...

Sexta-feira, 07.03.08
Amanhã Lisboa vai ser palco para os professores, que se irão deslocar à capital para mostrarem o seu descontentamento em relação à politica exercida até ao momento.
"PSP espera até 70 mil professores e corta circulação na zona central da cidade.
A PSP vai cortar ao trânsito a zona entre o Marquês de Pombal e a Praça do Comércio.(Sol)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por kerokrer às 17:50

É para rir...

Quarta-feira, 05.03.08

O país é pequeno e tudo se acaba por saber. Esta está demais...


"Falei hoje com um colega socialista que esteve na reunião com o 1ºM  e MLR e estava indignado porque quando alguém perguntou onde os professores avaliadores iriam arranjar horas para avaliar, assistir às aulas e todo o lado burocrático do processo, a ministra respondeu - "Que não havia qualquer problema porque os professores avaliadores eram professores titulares, portanto com muita experiência, e já não perdem tempo a preparar as suas aulas..."


Como diria Fernando Pessa:"E esta, hein?"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Queda de muro

Terça-feira, 04.03.08

A Rua do Calvário, em Santa Maria da Feira, é para mim a Rua mais desprezada daquele Lugar.

Para além do lixo que gostam de colocar na mata, que agora foi interdita aos visitantes mais atrevidos através de entulho, que quanto a mim em nada favorece o local, mas que pelos visto foi a solução encontrada para parar com aquele cenário.

Seria importante que qualquer pessoa fosse capaz de passar ali, entrar para visitar, mas nunca para fazer do local uma lixeira. Infelizmente vivemos num país, onde o lixo parece ser algo "pessoal demais" para se reciclar. Então é sempre melhor deixar pelas matas para se poder visitar quando se tem saudades dele. Francamente, deplorável a mentalidade de certas pessoas.

Deixo-vos alguns registos que fiz nesta Rua, que podem ser tomados como alertas ao perigo. O muro caiu e o restante encontra-se em fase de queda. Não seria nada mal pensado, demolir definitivamente este muro e refazer de novo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por kerokrer às 12:38

Sessão de Sensibilização

Segunda-feira, 03.03.08

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Administração às 23:31


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds



Pág. 2/2