Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Maio 2007

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031


Pesquisar

 


A evolução da Fossa

Quarta-feira, 09.05.07

Mostrando a evolução da fossa na escola de Manhouce.

Como podem ver, está em franco progresso, mas só depois de alguns (ora mandas tu, ora mando eu), é que se chegou a um consenso. E mesmo com métodos tradicionais, fazendo massa à mão, os pobres coitados dos funcionários, da “Cambra” lá vão acatando as ordens que por vezes não são as mais ajustadas. Mas como toda a gente deste concelho já se apercebeu, o que está em causa é o dinheiro do “pobo”, logo é mais euro menos euro, e mesmo fazendo asneiras, que se lixe o “pobo”. Agora eu gostaria de  perguntar o seguinte:

 - Será que da forma que está a ser construída a fossa, ela vai ficar estanque? Ou será que vai drenar para a Ribeira?

Chamo à atenção dos senhores ambientalistas, que estejam atentos e enquanto há  tempo  fiscalizem, não vá o Diabo tecê-las.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por kolaborador_7 às 19:19
editado por Administração às 19:54

Enfim libertado

Quarta-feira, 09.05.07

"O Tribunal da Relação de Coimbra reduziu a sanção do sargento Luís Gomes de seis para três anos de prisão com pena suspensa. O sargento já está em liberdade." In PortugalDiário

Parece que a justiça portuguesa percebeu o erro que cometeu. Infelizmente o sargento teve de permanecer algum tempo preso injustamente, dada a “fortaleza” que tem a nossa justiça.

Agora lamenta-se que tenha demorado tanto tempo a chegar a esta conclusão. É com situações destas que podemos ver as injustiças abraçadas pela justiça sem peso nem medida. Ainda dizem que o seu símbolo é a balança, ó que balança, desequilibrada. Tantos “ladrões” à solta, corruptos nem se fala, desequilibrados que levam outros ao desequilíbrio, tantos merecedores de cadeia e andam por aí. E quando um pai quer “criar a sua filha” não deixam. Se errou, deve sim responder por isso de forma consciente, mas o caso não foi de roubo, de morte, de delírio… foi um acto de solidariedade, de amor, de ajuda, de compreensão pelos mais fracos, deram-se a uma ajuda incondicional.

Esperamos que com a libertação do sargento aquela família volte a ser uma família equilibrada e com as ajudas necessárias para isso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por favor, parem para pensar!

Quarta-feira, 09.05.07

Já vim ao blog pelo menos duas vezes falar sobre este assunto, a primeira pela irregular sinalização horizontal desta via, e a última das quais em 23 de Abril em que dávamos a conhecer o moderno e inovador método de sinalização na Rua Saul Eduardo Rebelo Valente.

De alguma coisa valeu, porque a famosa “manilha” (que até foi tema para foto jornalística) existente no meio de uma das faixas de rodagem de lá foi finalmente arrancada.

Abordei aqui então as deficientes sinaléticas horizontal e vertical existentes nesta via.

Pois bem se mal estava, de cada vez que lhe tocam pior fica.

Alguém no seu perfeito estado de sanidade mental compreenderá que numa via principal, esta ao entroncar com vias secundárias, sejam as últimas a terem a prioridade? Mas em Arrifana isto é possível nesta Rua, e mais, alteram-se sinais, fazem-se marcações na via, alterando-se as regras de trânsito, sem a prévia e obrigatória aprovação das alterações à sinalética e toponímia local, primeiro pela Câmara e posteriormente pela Assembleia Municipal. Todas as alterações verificadas são ilegais porque a Junta não tem qualquer autonomia para tal.

E se houver um acidente e os acidentados recorrerem a tribunal?

Exigida pelo Juiz a respectiva certidão respeitante à toponímia local existirá divergência entre a realidade actual e legalmente aprovada, daí resultando uma possibilidade de os acidentados exigirem da Autarquia o ressarcimento dos prejuízos causados.

É no fundo uma situação similar à emissão de uma multa pelas Forças de Segurança num local de estacionamento proibido, se na prática a existência desse sinal de proibição não estiver legalmente aprovada quer pela Câmara quer pela Assembleia Municipal obviamente que o Juiz decidirá a multa como inválida.

Já por mais de uma vez foi dito, quando as pessoas não sabem, devem procurar rodear-se de alguém que lhes venha a dar o “apport” necessário a uma boa decisão. É que uma má decisão é bem pior que uma indecisão.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds