Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Novembro 2006

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930


Pesquisar

 


Será que um dia…

Terça-feira, 07.11.06

…um país à beira mar plantado será recordado desta forma?

 

Consta que há muito, muito tempo havia um pequeno país em que sempre que alguém entrava para a classe política recebia um porco, que colocava numa pocilga feita propositadamente para o animal.

 

Nos casos em que os políticos tinham dúvidas acerca da posição a tomar sobre uma ou outra medida relativamente a um ou outro tema, esses políticos colocavam na parede da pocilga a pergunta e dividiam o chão da pocilga em quatro, atribuindo a cada um desses quartos uma resposta, no quarto onde o porco viesse a defecar mais em dois dias era a resposta e por consequência a medida que viria a ser defendida pelos políticos.

 

Foi assim que esse país, enquanto existiu, foi governado de acordo com o que ditavam as porcarias dos porcos dos políticos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vigília à porta do Ministério…

Terça-feira, 07.11.06

A “guerra” entre Ministério e Professores continua, tal como vos disse em postes anteriores, esta luta está para durar. O descontentamento está a chegar às populações que começam a ver a qualidade do ensino a diminuir e a preocupação surge nas mentes dos pais. Para aqueles que têm vivido este assunto à margem, devem começar a pensar em ficar atentos ao desenrolar dos acontecimentos, até porque também diz respeito à população em geral.

Não são só os professores os atingidos com esta proposta do governos, todas as crianças que frequentam o ensino em Portugal começam a ver a sua vida afectada pelo descontentamento de quem trabalha com eles todos os dias. Volto a repetir, um professor desmotivado é um mau exemplo para a saúde psíquica de qualquer criança. Pensem nos vossos filhos, vivam esta situação e ajudem na resolução dos problemas das escolas.

Os sindicatos de professores decidiram, ontem, segunda-feira, realizar uma vigília junto ao Ministério da Educação, entre as 11:00h do dia 15 e as 12:00h de 17, num protesto contra a proposta de revisão do Estatuto da Carreira Docente (ECD), noticia a agência Lusa.

“Esta vigília tem como objectivo protestar contra tão grave proposta de revisão do Estatuto da Carreira Docente e o atentado que a mesma significa à profissão docente e à própria escola pública”, afirmou, em declarações à Lusa, Mário Nogueira, porta-voz da plataforma que reúne catorze sindicatos do sector.

De acordo com o responsável, a plataforma vai formalizar quarta-feira o pedido de negociação suplementar do ECD e solicitar «de imediato» pareceres a diversos constitucionalistas sobre o documento que a tutela quer aplicar a partir de 1 de Janeiro.

A polémica negociação, que teve início no final de Maio, terminou terça-feira sem ter sido alcançado qualquer acordo entre o Ministério da Educação (ME) e os sindicatos, num processo em que os professores acusaram a tutela de «intransigência e inflexibilidade».

A divisão da carreira em duas categorias (professor e professor titular) e a introdução de quotas para aceder à segunda e mais elevada, são os aspectos mais contestados pelos docentes, assim como a avaliação de desempenho dependente de critérios como os resultados escolares e as taxas de abandono dos alunos.

Apesar de ter terminado o processo negocial, a legislação prevê a possibilidade de ser aberto um período suplementar de negociação, a pedido das estruturas sindicais, «para resolução de conflitos» que persistam depois de terminado o processo normal.

Além da vigília, os catorze sindicatos, decidiram ainda realizar no dia 17 de Novembro um Plenário Nacional de Professores e Educadores, em local a definir, seguido de um cordão humano até ao Ministério da Educação, na Avenida 5 de Outubro, em Lisboa, onde será entregue um abaixo-assinado com cerca de 60 mil assinaturas, segundo Mário Nogueira.

Já no dia 22, será distribuído um comunicado em todas as sedes de concelho, uma vez que a luta não é só dos professores mas também das populações, já que a proposta de revisão do ECD «desvaloriza a qualidade de ensino e põe em causa o funcionamento das escolas».

A Plataforma Sindical volta a reunir dia 23 de Novembro, para avaliar o processo de negociação suplementar e para aprovar novas lutas e protestos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

É ESTA A FORMA DE ZELAR PELA SAÚDE PÚBLICA

Terça-feira, 07.11.06

 

Depois do  trato de malvadez que foi dado à fonte da laje, tive que recorrer à fonte da levezinha que se situa próxima da estrada que liga o Monumento Espírito Feirense à zona do Cavaco em Santa Maria da Feira, fonte esta que jorra uma abundante bica de água, mas que me deixou surpreendido com a falta de informação e limpeza que existe por lá, fiquei a pensar se poderia ou não levar esse precioso líquido para consumir.

  Como a foto nos mostra não há nada que nos dê garantia de se poder ou não beber este precioso líquido.

   Será que tão perto da sede do nosso concelho os responsáveis pela saúde pública estão distraídos?...Ou será que há interesse dos mesmos para que não se consuma a água das fontes para obrigar as populações a aderir ás águas da companhia!... E assim conseguirem alguns lucros para tapar os buracos por eles criados? 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds