Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Outubro 2006

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Pesquisar

 


Envenenamento de cães

Sexta-feira, 13.10.06

Uma verdadeira injustiça perante um animal indefeso. Não se compreende a atitude de "alguém" na zona da Mourisca em S. João da Madeira. Segundo o jornal "O Regional" as queixas são já algumas e as desconfianças pairam no ar. Alguém anda a matar os cães.

“(...) alguém, que apenas desconfiamos, mas não temos a certeza, que por aqui anda, brinca com os animais e depois os alicia com comida envenenada (...)” in O Regional

Estas afirmações são "chocantes" do ponto de vista humano, mesmo sendo de animais irracionais que se trata, continuo a achar desumano. Ninguém tem o direito de tirar a vida seja a quem for. Se os animais abandonados incomodam, existem as instituições para os recolher. Esta não é a forma mais digna de se resolver um "problema"  que são os animais abandonados pelas ruas, diambulando à procura de um osso para roer.

Se é alguém que pode ajudar estas "criaturas" que para todos os efeitos também são "criaturas de Deus", registe no seu telemóvel este número -  21 32 17 000 e adicione nos favoritos este site - SEPNA

Se souber, ver, ou encontrar um animal em apuros, ajude-o, lembre-se que o CÃO É O MELHOR AMIGO DO HOMEM.

Autoria e outros dados (tags, etc)

e se fosses pró...

Sexta-feira, 13.10.06

Segundo autores conceituados, nomeadamente da Academia Portuguesa de Letras, a palavra caralho designava a pequena cesta que se encontrava no alto dos mastros das caravelas, também conhecida como gávea. Era dali que os vigias perscrutavam o horizonte em busca de sinais de terra. Dada a sua situação, o caralho era um lugar muito instável pois era onde se manifestava com maior intensidade a oscilação e o rolamento lateral da embarcação.

Este local, nada agradável, era também e por isso mesmo considerado lugar de castigo e para aí eram mandados os marinheiros que infringiam alguma das normas vigentes a bordo. O prevaricador era então obrigado a cumprir horas e por vezes até dias inteiros no caralho e, quando descia, vinha tão mal disposto que se mantinha quieto por uns tempos. Daí veio a expressão: mandar para o caralho. Com o tempo a palavra passou a designar uma miríade de coisas, sentimentos e pessoas, bem do nosso conhecimento...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds