Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Setembro 2006

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


Pesquisar

 


Olhares

Sábado, 23.09.06

Quando penso nos anos que já passaram desde que este campo de treinos começou a ser construído, dou comigo a vaguear pelas minhas recordações de infância (nasci no passado século). Recordo as pessoas que conhecia e que foram realojadas noutro local porque no sítio em que habitavam iria nascer este “complexo” desportivo. Voos altos para a época e a prova está aqui à vista de todos. Um rectângulo praticamente de terra batida rodeado de muros inacabados e uma espécie de bancada, onde não faltam o entulho e sucata. Afinal o que é que falha no meio de tudo isto? O dinheiro sem dúvida, ou melhor, a falta dele. Bom, pelo menos os funcionários da junta  têm onde ocupar o tempo sempre que não haja mais nada que fazer, assentam-se mais uns tijolos nos muros que teimam em nunca estarem prontos, e isto, é pago com dinheiros públicos, não esqueçam.

A ver vamos por mais quantas décadas se vai prolongar esta obra.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Escola violenta

Sábado, 23.09.06

É sem dúvida um assunto pertinente e que me leva a sentir que o ensino em Portugal já era…

Hoje as notícias foram dramáticas; Conceição, professora há quatro anos a leccionar no 1º ciclo, na cidade do Porto, relatou o seu caso.

Um dia sonhou ensinar os mais pequenos e poder ver uma nova geração dar frutos do seu trabalho. Depressa o sonho se tornou num pesadelo, um aluno de apenas dez anos, foi o suficiente para que hoje afirme que se tivesse de escolher, nunca seria professora. A história é insólita e horrível aos olhos de qualquer um. Um aluno, mal comportado e sem educação nenhuma, foi castigado ficando impossibilitado de poder ir ao passeio escolar. A família indignada com a atitude da professora, resolveu ir à escola tirar satisfações do sucedido. De início a professora em questão começou por ouvir palavrões que mais tarde verificou virem do irmão mais velho. (Sua puta, sua vaca, sua cabra…), dirigindo-se à porta para saber o que se estava a passar, constatou que a família tinha vindo toda. Resolveu ligar ao Coordenador da área para saber o que fazer, este alertou-a para não deixar sair as crianças sem a chegada da polícia. Ao dirigir-se novamente para a entrada, com o intuito de avisar os colegas, não teve tempo, foi puxada, atirada ao chão, bateram-lhe sem dó nem piedade, tentou fugir para dentro da escola com a ajuda da funcionária, mas foi perseguida, tendo sido agredida também dentro das instalações da escola. No mesmo instante o Coordenador chega, é também agredido com um soco. Tudo isto aconteceu em frente aos alunos.

“Hoje em dia os pais entram na sala de aula sem pedir autorização só para tirar satisfações com os professores.” Esta afirmação revela que a autoridade de um professor não é nenhuma, que os alunos ao presenciarem isto nunca terão o devido respeito pelo mesmo.

“Fomos do oito para o oitenta.” Enquanto os pais não forem os primeiros educadores, se demitirem deste cargo importante, não respeitarem e exigirem que os filhos respeitem; teremos não um nem dois casos destes, mas muitos pelo país fora.

Desta atitude menos correcta e inaceitável, as crianças envolvidas foram ilibadas por serem menores e os adultos tiveram de cumprir apenas seis meses de prisão com pena suspensa.

Conceição é apenas um rosto de um problema nacional.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...






subscrever feeds