Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Dezembro 2006

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31


Pesquisar

 


A "Cambra" não paga...

Quinta-feira, 28.12.06

Mais uma vez se contesta o incumprimento da nossa “Cambra” e desta vez de forma menos clara e objectiva. Como pode um vereador, neste caso “Celestino Portela” responsável pelas finanças da “Cambra”, justificar o não pagamento dos vencimentos aos professores das Actividades Extra Curriculares, referindo que não se paga porque o Estado é o “patrão”, ou seja é de lá que tem de vir o dinheiro. Para quê começar uma actividade sem primeiro ter todas as infra-estruturas, quer físicas quer económicas tratadas para que tudo decorra com a normalidade que todos desejam? Eu mais uma vez venho a este blog, salientar a prepotência do executivo, que só olha para si mesmo. Gostava de ver todos os vereadores sem vencimento durante quatro meses, gostava de os ver pagar para trabalhar. Esta situação é lamentável, não é admissível ter uma equipa de professores a trabalharem completamente de graça. Melhor ainda é a “Cambra” salientar sem problema algum, que irá efectuar os pagamentos de apenas Setembro e Outubro, afinal quanto tempo trabalharam esses professores? Não bastará o sacrifício de andarem com o seu carro de escola em escola a “aturar” uns pirralhos que ficam por ali, porque os pais não os querem aturar? Não bastará o sacrifício de terem um horário ingrato e receberem apenas as míseras horas que trabalham, sem direito a nenhum subsídio para outros gastos? Razão maior para respeitarmos estes trabalhadores não há, eles lutam por um emprego parecido com o que perspectivaram  ter quando terminaram o seu curso e agora oferecem-lhes um que pouco tem de parecido com o que idealizaram. Portugal deixa estudar toda a gente, sem discriminação, de facto não nos podemos queixar, mas depois deixa os sonhos de quem se sacrificou irem pela ribeira do destino, sem dó nem piedade.

“Há vários outros factores burocráticos que obrigam a estes atrasos, como, por exemplo, as questões relacionadas com a colocação de professores”. Segundo o vereador, são vários os docentes que acabam por desistir da prestação deste serviço por terem sido colocados em escolas afastadas da região. “Esses professores têm de ser substituídos, o que obriga a processos burocráticos que em regra são demorados”.

Nunca vi tamanha (in)justificação, gostava mesmo de saber que processos burocráticos tão complicados se têm de efectuar para pagar a um empregado.

Tanta pressa em implementar este projecto, a Sra. Ministra quase a exigir que todas as escolas resolvessem fosse de que maneira fosse os seus problemas, o importante era começar. Agora gostava de a ver pedir celeridade também para pagar.

Já a 24 de Junho ouvíamos a Ministra dizer: “Segundo Maria de Lurdes Rodrigues, as instalações também não são o mais importante, para ela o importante é enriquecer o currículo, nem que seja no papel, se as crianças vão receber aulas de enriquecimento curricular dentro da sala, na cantina ou mesmo no hall de entrada, pouco lhe interessa, para ela o importante é que as escolas ofereçam todas as actividades extra curriculares.” Eu acrescentaria que também não importa se os professores irão ser pagos ou não, o importante é oferecer todas as actividades a que os alunos têm direito.

Bom Ano Novo e que a vida vos sorria!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por sednaa às 14:37

8 comentários

De Anónimo a 28.12.2006 às 19:33

E estavam à espera de quê!!!

De Anónimo a 28.12.2006 às 19:54

Se a câmara não recebeu é obvio que não paga não acham?????

De L M a 29.12.2006 às 00:33

Para "bacalhau com todos", festa, música ao vivo, prendinhas, bolos rei, isto tudo no Europarque que também é pago e bem pago, para isto a Câmara não esperou por receitas do governo central, no entanto temos professores a pagarem para trabalhar.

De Anónimo a 29.12.2006 às 08:58

Resta saber se quem forneceu a cambra " já recebeu!?

De L M a 29.12.2006 às 11:59

De facto resta-nos saber se quem forneceu foi pago, o mais certo é não ter recebido, mas se era para dar de comer à borlix e para ficar para o calo, então o melhor era não fazer jantar nehum. Se era para mostrar que é uma Câmara boazinha que até dá presentes aos funcionários (compra-os)para depois não lhes pagar, pelo amor de Deus, não acham ridiculo? Convidar uma pessoa para um jantar e depois não lhe pagar? Estamos em que era?

De Anónimo a 29.12.2006 às 18:17

É verdade sim, para comer há sempre dinheiro.

De CRIANCICES a 29.12.2006 às 22:18

Então se para comer há sempre dinheiro...vai daí a obesidade...?he he he he
UM ÓPTIMO ANO NOVO!

De Anónimo a 30.12.2006 às 13:52

Isso é uma verdade Portugal é um país de obesos, ou não seja o país dos jantares e almoços, muito se confraterniza nestas terras lusas.

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...