Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




calendário

Outubro 2006

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031


Pesquisar

 


Pausas Lectivas ou Docentes?

Domingo, 29.10.06
«Tutela quer enganar docentes e opinião pública ao confundir pausas lectivas com pausas da actividade docente» garantem professores. Sindicatos garantem que ministério revogou artigo. Tutela diz que «nunca teve essa intenção»
 
Quem fala a verdade?
 
À saída da reunião com o ME na passada sexta-feira, a plataforma sindical disse que o Executivo pretendia obrigar os professores a permanecer nas escolas durante as férias dos alunos, revogando, desta forma, os artigos 91º, 92º e 93º, que correspondem à interrupção da actividade docente e não à interrupção da actividade lectiva, referida pelo ME.
 
Na versão da proposta de alteração do ECD entregue aos professores a 25 de Outubro, disponível no site da Fenprof, os artigos em causa, sobre a Interrupção da Actividade Docente, foram revogados no Artigo 18º (Norma Revogatória).
 
No entanto, em comunicado, o ME diz que o texto do artigo 91º, «Interrupção da Actividade Lectiva (e não docente)», tem a seguinte redacção: «1 - Durante os períodos de interrupção da actividade lectiva, o órgão de direcção executiva do estabelecimento de educação ou de ensino elabora um plano de distribuição de serviço docente para o cumprimento das necessárias tarefas de natureza pedagógica ou organizacional, designadamente as de avaliação e planeamento. 2- Os períodos de interrupção da actividade lectiva podem ainda ser utilizados pelos docentes para a frequência de acções de formação».
Mais: de acordo com o último projecto do Executivo (que segundo o Ministério da Educação é que irá avançar), os professores vão ser obrigados a dar oito horas lectivas diárias.
Além das oito horas de aulas, os docentes terão ainda que substituir colegas que faltem, cumprir tarefas relacionadas com a direcção de turmas e preparar as aulas para o dia seguinte. «É uma medida contraproducente», argumentou um representante sindical, acrescentando que, desta forma, um professor é «obrigado a passar mais de 10 horas na escola».
 
Afinal pergunto eu?
O que é afinal INTERRUPÇÃO DA ACTIVIDADE LECTIVA?
O que é afinal INTERRUPÇÃO DA ACTIVIDADE DOCENTE?
Está lá escrito lectiva ou docente?
Será que os professores vão aguentar?
 
Sem dúvida que esta história está longe de ter um fim, a cada dia que passa o ME mete as mãos pelos pés e os pés pelas mãos. Sempre, desde que me conheço, os professores pararam de trabalhar para um momento de descanso nestas alturas do Natal e Páscoa, sendo do conhecimento de todos, que os mesmos permaneciam nas escolas durante uns dias para fazerem as avaliações e entregá-las aos pais, e depois passavam os outros dias de férias merecidas, pois bem precisam de descansar um pouco do stress da “canalhada”. Que interesse tem o governo em obrigar os professores a estarem nas escolas sem alunos? Será que se esquece do trabalho que estes profissionais fazem ao longo dos outros meses em casa, nos fins-de-semana, nas horas chamadas de descanso, que é apenas descanso para alguns? Não consigo entender este assunto, cada vez me encontro mais baralhado, afinal queremos profissionais da educação, com empenho, dedicação, gosto pelo que fazem, ou queremos professores cansados, desmotivados e “fartos” de serem oprimidos pelo governo? É por isso que estamos na cauda, não sabemos olhar as coisas boas que têm outros países com sucesso. Para haver sucesso, tem de haver motivação. Deixem os professores trabalhar, deixem-se de pressões, de conflitos, de puxar dos galões para “calcar” os mais desfavorecidos. Eu sou a favor do descanso dos professores, uma semana em cada período é necessária a quem trabalha com o chamado desgaste psicológico. Aos pais deixo um apelo, ajudem o professor do vosso filho, e lembrem-se que quando vocês estão exaustos de “aturar” um que vos chateia tanto após o vosso dia de trabalho, lembrem-se que o professor esteve com ele e mais uns vinte e tal durante o resto do dia, e provavelmente chega a casa e tem também o seu filho para “aturar”. As crianças, são crianças, têm a sua fase chata, mas continuam a ser crianças e precisam da ajuda de todos. Está na hora dos pais se unirem aos professores por um ensino melhor, um ensino de qualidade, faça parte da Associação da escola do seu filho. Ajude a equilibrar a EDUCAÇÃO!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por sednaa às 11:53

2 comentários

De Anónimo a 29.10.2006 às 12:23

Para mim isto é uma estupidez, vão obrigar os alunos a passarem 8 horas dentro de uma sala, as últimas aulas são para o galheto , mesmo assim, as aulas de fim de tarde já são porque eles já estão fartos da escola, agora o dia todo.. rsrsrsrsr pois é vamos passar a ter doutores, com tantas aulas, tanto estudo, vai tudo para doutor. Valha-nos Santa Rita.

De Atento a 30.10.2006 às 15:29

Isto da educação ainda vai dar que falar...

Comentar post



Comentários recentes

  • Anónimo

    Este paraquedista so falou da zona de lazer de Aze...

  • Anónimo

    APOIADO NO QUE AFIRMASMUITO OBRIGADO

  • Anónimo

    Acham que esse candidato deveria ter ganho? Para u...

  • Anónimo

    TU DEVES SER MAIS QUE PARVO, OU TENS UM RABO MUITO...

  • Anónimo

    comentário do dia das eleições, só falta o padre d...

  • Gertrudes Pinheiro

    Olá Kaskaedeskaska a Banana!Alguém me sabe dizer q...

  • Anónimo

    Os ratos fugiram. Vão ter que mentir e depois resp...

  • Anónimo

    vai haver festa

  • Anónimo

    Fiquei CHOCADA com a falta de informação deste com...

  • Anónimo

    Tudo seria fácil se o senhor Delfim Silva tivesse ...